Sporting

20-09-2016 11:14

Conselho de Disciplina mantém castigo ao médico do Sporting

Frederico Varandas foi condenado a 30 dias de suspensão depois de ter sido expulso no jogo com o FC Porto.
Frederico Varandas
Foto: INSTAGRAM

Frederico Varandas, médico do Sporting.

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

O Conselho de Disciplina vai manter o castigo ao médico do Sporting. O recurso de Federico Varandas foi recusado e a suspensão de 30 dias vai manter-se. O médico do clube leonino foi expulso no jogo contra o FC Porto por dizer palavras menos próprias.

De acordo com o acórdão divulgado pela Federação Portuguesa de Futebol, os motivos de expulsão ocorreram no minuto 17 do clássico. O documento dá como provado que o médico do Sporting saiu da área técnica e gritou ao árbitro que estava a “roubar” e que era uma “vergonha”.

A defesa de Frederico Varandas afirmou que a afirmação “não pretendeu, nem representou poder, ofender ou lesar a honra nem a reputação de terceiros”. No entanto, o Conselho de Disciplina não aceitou o argumento.

Com efeito, o médico leonino vai ficar suspenso durante 30 dias e foi condenado a pagar uma coima de 1,913 euros. A este valor vão ser acrescentados 408 euros pelos custos do processo.

Conteúdo publicado por Sportinforma