SC Braga

22-09-2016 17:57

Alan acredita que lutar por mais do que o quarto lugar "não vai assustar ninguém"

Experiente jogador do SC Braga acredita que os 'guerreiros' têm argumentos para lutar por mais do que o quarto lugar.
Alan e Hassan
Foto: HUGO DELGADO / EPA

Experiente jogador do SC Braga acredita que os 'guerreiros' têm argumentos para lutar por mais do que o quarto lugar.

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

Alan considerou hoje que o Sporting de Braga continua uma equipa forte apesar da saída de alguns jogadores importantes e que lutar por algo mais que o quarto lugar da I Liga de futebol não assusta.

"Pensamos sempre para a frente. O primeiro objetivo é o quarto lugar, se alcançarmos algo a mais isso não vai assustar ninguém. Os adversários têm perdido pontos, mas nós também. Este é um campeonato longo, é uma maratona, temos que pensar com calma e continuar a trabalhar", disse à margem de uma visita à escola básica Dr. Francisco Sanches.

O experiente jogador considera que, apesar da saída de jogadores importantes como Rafa, Boly, Josué ou Luiz Carlos, a equipa deste ano "é excelente".

"Estamos em quarto, empatados com o FC Porto, esta é uma equipa nova, chegaram jogadores e há outra filosofia de jogo, mas já está 'encaixada' e estamos a jogar um bom futebol. A equipa não ficou mais fraca, ficou diferente, todos os jogadores são diferentes, continuamos fortes e temos mostrado isso", disse.

Afirmando-se bem física e mentalmente, lembrou o reencontro com José Peseiro, por quem já tinha sido orientado na anterior passagem do técnico pelo Sporting de Braga.

"Tem sido um reencontro bom, toda a gente sabe como ele é, é mais espalhafatoso, mas é uma excelente pessoa", disse.

O treinador pediu recentemente aos sócios e adeptos 'arsenalistas' maior compreensão e para não assobiarem a equipa, apelo corroborado por Alan.

"Peço para que continuem a apoiar a equipa, é normal os adeptos ficarem descontentes com alguns erros dos jogadores, mas os jogadores não querem errar, os adeptos também têm que compreender isso", disse.

Os minhotos preparam um ciclo de três jogos em pouco mais de uma semana.

Recebem o Vitória de Setúbal no sábado, na sexta jornada da I Liga, antes de se deslocarem à Ucrânia, onde, na quinta-feira seguinte, defrontam o Shakthar Donetsk, para a Liga Europa, e jogam em Arouca, três depois, em nova ronda do campeonato.

Assegurou que a equipa não vai quebrar por causa da derrota com o Benfica na última jornada (3-1): "Jogámos de igual para igual com o Benfica, eles tiveram a felicidade de marcar, nós não, mas continuamos na luta."

O Braga dispôs de algumas oportunidades claras de golo ainda com o resultado em 0-0, mas Alan nota que "até os melhores falham, aquilo é o momento, são milésimos de segundo, o jogador tem que pensar muito rápido, infelizmente falhou, acontece".

Para o jogo com o Vitória de Setúbal, José Peseiro não pode contar com vários jogadores, três deles defesas-centrais (Ricardo Ferreira, Velázques e André Pinto), devendo recorrer a Artur Jorge, da equipa B, para fazer dupla com Rosic.

Além desses, igualmente lesionados e fora do embate com os sadinos estão Benítez, Oti, Luís Aguiar e Djavan, sendo que Marafona e Hassan, que não treinaram hoje, o primeiro por causa de uma entorse no tornozelo esquerdo contraída na Luz, e o segundo devido a mialgias na coxa esquerda, estão em dúvida.

Conteúdo publicado por Sportinforma