Futebol

22-09-2016 16:35

Contas do Benfica: Lucro recorde, mais gastos com o pessoal, menos dinheiro da BTV

A Benfica SAD registou o melhor resultado financeiro de sempre em 2015/16, com um lucro de 20,4 milhões de euros.
Estádio da Luz
Foto: Lusa

Estádio da Luz

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

O Benfica apresentou esta quarta-feira o Relatório e Contas referentes a 2015/2016. A SAD ´encarnada` apresentou um lucro recorde de 20,4 milhões de euros - naquele que foi o terceiro exercício consecutivo positivo da empresa, algo inédito no clube.

Aumento dos gastos com o pessoal...

No relatório enviado à Comissão de Mercado dos Valores Mobiliários (CMVM), o clube explica que houve um aumento de gastos com o pessoal, que passou de 59,607 milhões de euros para 61,456 milhões. Um aumento de 3,1 por cento em relação ao exercício anterior. Este aumento é explicado, em parte, com a mudança da política de remunerações do clube, que privilegia o pagamento de prémios variáveis, em função do rendimento. Os triunfos na I Liga, Taça da Liga a campanha na Liga dos Campeões (quartos-de-final) fizeram subir o valor.

... e queda nas receitas da BTV

A SAD explica também que as receitas da BTV caíram. A televisão do clube gerou 33,433 milhões de euros (menos 1,2 milhões de euros em relação ao exercício anterior). Em 2014/2015 a BTV tinha gerado 34,628 milhões de euros. A queda é explicada pelo facto de o clube ter assinado um novo acordo de televisão com a NOS, o que provocou uma quebra nas assinaturas do canal (9,90 euros por mês).

81,9 milhões de euros em transações de jogadores

De recordar que na altura da assinatura do acordo com a NOS, chegou-se a falar na possibilidade de a Benfica TV deixar de ser um canal premium, o que fez com que muitos assinantes tivessem optado por cancelar a assinatura do canal. Apesar da quebra, as receitas superam o valor que era pago antes pela Olivedesportos. Na época 2013/14, a receita respeitante a direitos de televisão foi de 28,1 milhões de euros.

Outro ponto escrutinado no Relatórios e Contas foi a receita gerada pela venda de jogadores. O Benfica dá conta que entraram nos cofres do clube 81,9 milhões de euros provenientes da venda de jogadores. Muito dessa verba deveu-se a venda de Renato Sanches ao Bayern Munique por 35 milhões de euros e de Nico Gaitán ao Atlético Madrid por 25 milhões. "Os rendimentos com transações de direitos de atletas ascendem a 81,9 milhões de euros, o que representa um crescimento de 3,9% face ao período homólogo, sendo de destacar os ganhos obtidos com as transferências dos atletas Renato Sanches, Gaitán, Ivan Cavaleiro e Lima", pode ler-se no relatório.

Receitas com bilhética subiram. International Champions Cup deu lucro

O Benfica também divulgou o lucro gerado pela participação na International Champions Cup com jogos nos EUA, Canadá e México. Ao todo, o clube angariou 2,951 milhões de euros em 2015/16 em jogos particulares. No ano anterior as receitas neste capítulo tinham sido nulas.

Outra subida verificou-se nas receitas de bilheteira que chegaram aos 21,732 milhões de euros. Em média, cada jogo da Liga gerou uma receita 258.579 euros, valor esse que subiu para 584.659 euros nos jogos da Liga dos Campeões. O preço dos bilhetes aumentou em média, de 15,6 euros para 17,5 euros.

Os detentores de ´Red Pass` passaram de 21.755 em 2014/2015 para 25.220 em 2015/2016. O valor médio do bilhete de época baixou de 212 euros para 198 euros.

A Benfica SAD registou o melhor resultado financeiro de sempre em 2015/16, com um lucro de 20,4 milhões de euros.

Conteúdo publicado por Sportinforma