Benfica 3-0 Moreirense

27-11-2016 19:53

Pizzi derrubou uma muralha de cónegos

O Benfica recebeu e derrotou o Moreirense por 3-0, com um 'bis' de Pizzi e um golo de Raúl Jiménez.
Salvio e Pizzi
Foto: ANTÓNIO COTRIM / LUSA

Pizzi apontou dois golos na Luz.

Por Gaspar Castro sapodesporto@sapo.pt

O Benfica recebeu e derrotou este domingo o Moreirense por 3-0 em partida da 11ª jornada da Liga, com dois golos do médio Pizzi - o melhor em campo - e um do mexicano Raúl Jiménez. Os 'encarnados' continuam destacados no primeiro lugar, com mais cinco pontos do que o Sporting e mais sete do que o FC Porto.

Os 'encarnados' contaram com uma grande novidade logo no onze inicial. Rui Vitória apostou em Raúl Jiménez, deixando Mitroglou no banco. Do lado dos cónegos, que entraram em campo pela primeira vez desde a saída de Pepa, o treinador interino Leandro Mendes lançou Nildo e Roberto na equipa inicial, em detrimento de Alan Schons e David Ramírez.

Desde o apito inicial que foi possível comprovar a estratégia adotada pelo Moreirense para o encontro: linhas muito baixas, numa tentativa de contenção do poderio ofensivo do Benfica. Os 'encarnados' dominaram desde cedo o encontro mas de início encontraram dificuldades na tentativa de chegar à baliza de Makaridze. O guardião georgiano desviou a tentativa de Salvio aos 11 minutos e de seguida segurou um remate de letra de Jiménez.

A primeira meia hora foi essencialmente assim: tentativas sucessivas do Benfica e o Moreirense completamente focado nas tarefas defensivas. Face à barreira que tinham pela frente, os 'encarnados' tentaram também de longa distância, mas Salvio e Guedes falharam o alvo em remates antes da meia hora de jogo, com Jiménez também a falhar a baliza aos 20' na sequência de um cruzamento de Salvio.

Com 32 minutos de jogo, chegou por fim o golo que o Benfica ia ameaçando. Cervi cruzou rasteiro, André Almeida deixou para Pizzi e o médio benfiquista finalizou da melhor forma após 'deitar' Makaridze. O intervalo chegou com o 1-0 no marcador e com vários cartões amarelos para jogadores do Moreirense, que intensificaram os desarmes nos minutos finais da primeira parte.

O segundo tempo arrancou com duas ocasiões sucessivas para o Benfica, mas o remate de Pizzi foi intercetado e Cervi foi travado por Makaridze. Não seria necessário esperar muito mais, porém, para ver o segundo golo da equipa de Vitória, novamente com 'selo' de Pizzi. Na sequência de um passe de Salvio, e com 58 minutos no relógio, o número '21' do Benfica rematou cruzado para o 2-0.

O ritmo de jogo acabou por baixar na última meia hora, face às muitas substituições e ao resultado, que colocava o Benfica como vencedor já então quase garantido. Ainda assim, houve tempo para o 3-0 final. Já perto dos 90 minutos, Raúl Jiménez encostou para o terceiro numa jogada que contou com um grande passe de Pizzi, a estrela da noite.

Com o triunfo, o Benfica soma agora 29 pontos no topo da classificação, com mais cinco pontos do que o Sporting e mais sete do que o FC Porto.

Conteúdo publicado por Sportinforma