Futebol

29-11-2016 11:19

Jorge Jesus: "Técnico do Chapecoense era um grande amigo meu"

Treinador dos ‘leões’ afirmou que esteve com Caio Júnior várias vezes e que é um dia triste para o futebol.
Jorge Jesus
Foto: SAPO Desporto

Treinador do Sporting.

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

Jorge Jesus afirmou, esta terça-feira, que a queda do avião do Chapeconse é um momento triste para o futebol. O treinador do Sporting comentou a queda da aeronave e realçou que Caio Júnior era um dos seus amigos.

"O treinador do Chapecoense era um grande amigo meu. Fez um estágio comigo em Portugal, e eu estive várias vezes no Brasil com ele. É uma tragédia não só para as famílias mas para todos os desportistas. Está a ser uma situação muito complicada. Aquilo que neste momento podemos fazer é rezar por eles e pelos familiares, prestar-lhes uma homenagem de sentimento profundo”, afirmou o técnico a Sporting TV.

Caio Júnior é uma das vítimas da queda do avião que matou quase toda a equipa do Chapecoense. A aeronave que transportava o plantel caiu a poucos minutos da aterragem em Medellín, na Colômbia na madrugada desta terça-feira.

O técnico pode ser um nome pouco conhecido em Portugal, mas enquanto jogador muitos se devem lembrar deste avançado brasileiro que jogou vários anos no V. Guimarães (1987/92), passando ainda por Estrela da Amadora e Belenenses.

Conteúdo publicado por Sportinforma