Peseiro recorda FC Porto

01-12-2016 19:20

"Ambiente e contexto não eram de uma equipa capaz de recuperar pontos"

Numa entrevista ao jornal ´Expresso`, o técnico falou das dificuldades que encontrou no FC Porto para fazer o seu trabalho.
Peseiro ao lado de Aboubakar, Varela e Herrera
Foto: MARIO CRUZ/LUSA

Peseiro ao lado de Aboubakar, Varela e Herrera

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

José Peseiro sabe o que Nuno Espírito Santo está a sentir nesta altura no FC Porto. O atual técnico do SC Braga foi contratado em janeiro de 2016 para substituir Lopetegui e tentar colocar os ´dragões´ no trilho dos triunfos mas acabou por não ter sucesso.

Numa entrevista ao jornal ´Expresso`, o técnico falou das dificuldades que encontrou no FC Porto para fazer o seu trabalho. Peseiro sublinha que a culpa também foi sua mas lembra que o ambiente que encontrou não era favorável.

"A equipa estava a caminho de estar perdida. E verificou-se. O FC Porto ia ter uma eliminatória com o Borussia de Dortmund, que era das melhores equipas da Europa, tão boa que este ano já ganhou duas vezes ao Sporting. E estava na Liga a cinco pontos do Sporting, mas o contexto e o ambiente e estado anímico da equipa não era de uma equipa capaz de recuperar pontos. Houve várias questões que não ajudaram", desabafou o técnico, que perdeu Tello e esperava ter Rafa e mais um defesa central.

Peseiro chegou a acordo com Pinto da Costa no final da época e acabou por rumar a Braga para treinar os minhotos, próximo adversário do FC Porto. De recordar que o Braga é 3.º colocado na I Liga, à frente dos ´dragões`.

"Cheguei a acordo, como todos os treinadores. Acho que só o Lopetegui é que não o fez. Sabia que o FC Porto era uma equipa com grandes recursos e bons jogadores, que não estava longe dos adversários e que tinha plantel para recuperar o atraso. Só que saiu o Tello à espera que entrasse o Rafa; e esperava um central que não veio. E evidentemente também houve culpas para o treinador", acrescentou.

Conteúdo publicado por Sportinforma