Nacional da Madeira

11-03-2017 15:26

Rui Correia afirma que goleada sofrida "abriu os olhos" à equipa

Capitão do Nacional da Madeira fez a antevisão do encontro com o Paços de Ferreira.
Rui Correia:
Foto: Lusa

O defesa Rui Correia diz que Nacional respeita, mas n

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O capitão do Nacional, Rui Correia, afirmou hoje que a goleada sofrida frente ao FC Porto (7-0) abriu os olhos dos jogadores, que só querem vencer o Paços de Ferreira, na 25.ª jornada da I Liga de futebol.

"Claro que é muito mau e o grupo sentiu a derrota no Dragão. De tudo de negativo que se passou, uma coisa positiva que podemos tirar foi abrir os olhos aos jogadores para que, já neste jogo, diante dos nossos adeptos, possamos mostrar que queremos ganhar", salientou na conferência de imprensa de antevisão do jogo na Choupana.

Rui Correia está confiante que os adeptos vão voltar a comparecer para apoiar a equipa e "gritar até ao último minuto".

O defesa-central garantiu também que os jogadores estão juntos com o treinador, Predrag Jokanovic, com uma ideia apenas na cabeça.

"Se não estivéssemos, não teríamos treinado hoje com o treinador. O grupo está totalmente focado na vitória, tal como o treinador e a direção. Queremos ganhar, não há outro pensamento nas nossas cabeças", esclareceu.

O Nacional procura urgentemente regressar aos triunfos numa altura em que se encontra no fundo da classificação, com apenas 16 pontos, e Rui Correia analisa com extrema importância, mas também com esperança, o que resta do campeonato.

"Faltam dez jogos, são muitos pontos, mas esses pontos têm de começar a vir para o nosso lado e tenho a certeza que, nestes jogos, a equipa vai trazer muitos mais pontos dos que já trouxe", vincou.

O Nacional, 18.º e último classificado, com 16 pontos, recebe o Paços de Ferreira, 14.º, com 25, pelas 16:00 de domingo, com arbitragem de Luís Ferreira, da Associação de Futebol de Braga.

Conteúdo publicado por Sportinforma