Sporting

13-03-2017 22:59

Bas Dost: "Talvez para a próxima marque cinco golos"

Avançado holandês acredita que pode marcar cinco golos num jogo com a qualidade das assistências de Gelson Martins, Matheus Pereira e Daniel Podence.
Tondela vs Sporting
Foto: Lusa

Bas Dost marcou quatro golos na vitória do Sporting sobre o Tondela por 4-1

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

O internacional holandês do Sporting está a atravessar uma fase muito positiva na sua carreira, e em particular na sua época de estreia em Alvalade. Depois de marcar quatro golos na vitória sobre o Tondela, Bas Dost já está pronto para na próxima jornada voltar a lutar na área adversária por mais golos.

Em entrevista exclusiva à Sporting TV, Bas Dost falou da importância dos seus colegas de equipa no seu rendimento a nível de golos, e destacou o desempenho particular de Podence, Gelson Martins e Matheus Pereira.

"O Matheus e o Gelson deram-me muitas bolas boas, e também o Podence, como 10, fez um trabalho muito bom. Com esta equipa é possível marcar quatro ou cinco golos. Talvez para a próxima marque cinco golos", afirmou Bas Dost à Sporting TV.

Questionado sobre o próximo adversário do Sporting, o avançado holandês fez questão de assumir o desejo de marcar ao Nacional da Madeira depois de não ter consigo marcar na primeira volta no jogo com os madeirenses.

"Não marquei no primeiro jogo com o Nacional e quero marcar agora", frisou Bas Dost, para depois recordar os momentos de adrenalina pelos quatro golos ao Tondela.

"Foi muito bom! Adormeci muito tarde porque depois dos jogos preciso sempre de tempo para desligar. Foi uma sensação fantástica", disse Bas Dost para depois voltar a comentar as suas palavras de desalento após o final do jogo com o Tondela por causa da grande penalidade falhada.

"Disse isso a quente, logo a seguir ao jogo e pouco depois de ter falhado um penálti. Naquele momento só pensava nisso, mas no dia seguinte, quando acordei, já o tinha esquecido. Acontece… Estou muito contente pelos meus quatro golos e pela vitória", disse Bas Dost.

Com um total de 22 golos no campeonato nacional, Bas Dost tem uma margem confortável para Soares, que soma 16, e para André Silva, que soma 15 golos, na luta pelo título de melhor marcador do campeonato português. Questionado sobre a possível conquista da Bota de Ouro, o avançado holandês garante que só está concentrado em ajudar o Sporting.

"Recebi muitas mensagens de amigos e da minha família e todos me lembravam que estou bem colocado nessa tabela. Mas o que me importa é o campeonato português e é nessa tabela que sou líder. Aí é que importa, vamos ver o que acontece até ao final."

Na sua época de estreia em Alvalade, Bas Dost não deixou de falar sobre a importância dos adeptos e o impacto que estes têm na equipa, especialmente nas deslocações fora de Lisboa.

"O apoio dos nossos adeptos é muito importante, sobretudo quando jogamos em estádios pequenos. Quando chegamos e vamos ver o relvado, olhamos à volta e pensamos ‘ok, o estádio não é muito grande, vamos a isto…’ Depois, quando entramos e vemos o estádio cheio de sportinguistas que viajam para todo o lado só para ver os nossos jogos, percebemos que sim, que é muito importante que nos apoiem. Dá-nos energia extra. Em Tondela jogámos em casa porque nem conseguia ouvir os adeptos deles...", disse Bas Dost, em declarações à Sporting TV.

A finalizar, Bas Dost comentou também a sua chamada à seleção da Holanda, e os objetivos de manter a veia goleadora na 'Laranja Mecânica'.

"No ultimo jogo não marquei, pelo que quero muito marcar neste. Vamos ver o que acontece", sentenciou.

Conteúdo publicado por Sportinforma