FC Porto

17-03-2017 09:20

Diogo Jota é para ficar de ‘Dragão’ ao peito

FC Porto vai falar com o Atlético de Madrid para perceber o que tem de fazer para contar com os serviços do jovem jogador português.
Diogo Jota - Fc Porto-Benfica
Foto: Lusa

Diogo Jota chegou ao FC Porto esta temporada

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

A intenção é manter mas existem vários obstáculos no caminho do ‘Dragão’. O FC Porto quer manter Diogo Jota nos seus quadros e vai falar com o Atlético de Madrid para conseguir garantir o jogador, sem ter de acionar a cláusula de opção de compra, avaliada em 22 milhões de euros.

Segundo avança o jornal O Jogo, Nuno Espírito Santo e a restante estrutura de futebol estão agradados com as prestações do avançado mas a cláusula de opção de compra é proibitiva e os ‘azuis e brancos’ não estão propriamente com uma situação financeira estável, visto precisar mais de vender do que comprar.

Assim, o FC Porto vai tentar garantir o jogador em definitivo por valores mais simpáticos, numa primeira instância. Caso isso falhe, um novo empréstimo poderá ser a solução encontrada para garantir Diogo Jota. Apesar de ter começado como titular ao lado de André Silva, a chegada de Soares relegou o atleta, de apenas 20 anos, para o banco, mas nem por isso o jogador tem deixado de ser influente: nos últimos seis encontros marcou dois golos e fez uma assistência na condução de suplente utilizado.

A decisão recai sobre Diego Simeone. Se o treinador argentino decidir manter Jota no plantel principal dos ‘colchoneros’, não há hipótese para o FC Porto. No entanto, se optar por dispensar o jogador, os ‘dragões’ sabem que o atleta quer ficar ligado ao FC Porto, preferindo lutar por títulos e competir na Liga dos Campeões do que ser emprestado a outros clubes espanhóis do meio da tabela.

Diogo Jota chegou esta temporada ao FC Porto, emprestado pelo Atlético de Madrid. Em 38 jogos ao serviço dos ‘azuis e brancos’, o avançado já marcou oito golos.

Conteúdo publicado por Sportinforma