Jokanovic

17-03-2017 13:44

Nacional "foi das poucas equipas que tirou pontos ao Sporting"

O Nacional, 17.º classificado, com 17 pontos, visita sábado (18:15) o Sporting, terceiro, com 51, em jogo relativo à 26.ª jornada da I Liga.
Jokanovic, treinador do Nacional da Madeira
Foto: DR

Jokanovic, treinador do Nacional da Madeira

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O treinador do Nacional classificou hoje a visita de sábado ao Sporting, para a 26.ª jornada da I Liga de futebol, como “mais uma final", tendo em conta o objetivo de manutenção no primeiro escalão do futebol português.

Predrag Jokanovic considera ainda que, em Alvalade, a sua equipa sentirá a mesma pressão de todos os outros jogos, uma vez que se encontra mergulhada na 17.ª e penúltima posição da tabela.

“Para nós, a pressão é igual à dos outros jogos. É uma partida frente a um candidato ao título, que se encontra um pouco atrás nessa corrida, mas que mostrou durante a época porque é também um candidato. Já para o Nacional, trata-se de mais uma final, uma vez que prevejo que o campeonato vai ser resolvido até às últimas jornadas e teremos de fazer contas", adiantou, na conferência de imprensa de antevisão ao jogo.

Jokanovic recordou ainda que a equipa madeirense "foi das poucas equipas que tirou pontos ao Sporting”, algo que pretende repetir, agora em Lisboa: “Vamos tentar conquistar em Alvalade, pelo menos, um empate”.

O treinador dos insulares preparou uma estratégia para defrontar os ‘leões', reconhecendo, no entanto, que “contra os denominados ‘grandes', qualquer estratégia pode ir por ‘água-abaixo’”, sublinhou.

“Vamos tentar não sofrer golos. O Sporting tem bons jogadores no ataque e, por isso, temos de estar preparados”, admitiu, reforçando que a estratégia passa por "defender bem, mas também jogar com a intenção de marcar golos”.

De acordo com o técnico sérvio, é preciso marcar para pontuar: “Quando jogamos contra os ‘grandes', fora de casa, é preciso marcar golos”, disse, lembrando o derradeiro jogo caseiro dos ‘leões’ (1-1 com o Vitória de Guimarães).

Frente ao Sporting, o treinador dos insulares, prometeu uma equipa "combativa e motivada", com capacidade para "roubar pontos" ao adversário, até porque.

“Só faltam nove jogos para o fim do campeonato e temos que somar o maior número de pontos que nos permitam garantir a manutenção, que é o nosso grande objetivo”, finalizou.

O Nacional, 17.º classificado, com 17 pontos, visita sábado (18:15) o Sporting, terceiro, com 51, em jogo relativo à 26.ª jornada da I Liga de futebol, que será arbitrado por Jorge Ferreira (Associação de Futebol de Braga).

Conteúdo publicado por Sportinforma