Sporting 2-0 Nacional

18-03-2017 19:02

'Bis' Dost dá vantagem aos 'leões' ao intervalo

Dois golos do avançado holandês vão dando vantagem aos 'leões'.
Jorge Jesus
Foto: DR

Jorge Jesus, treinador do Sporting

Por Inês Antunes sapodesporto@sapo.pt

O Sporting vai vencendo o Nacional, por 1-0, em jogo da 26.ª jornada da Primeira Liga. Bas Dost foi o autor

Em relação ao encontro com o Tondela, Jorge Jesus manteve a aposta em Matheus Pereira mas operou duas alterações no onze, fazendo alinhar Alan Ruiz, que havia cumprido castigo na jornada anterior, e Rúben Semedo, que esteve no banco 'leonino' nas partidas anteriores, voltando a fazer parceria com Coates no eixo da defesa. Em sentido inverso, Paulo Oliveira e Daniel Podence foram relegados para o banco. Já Jokanovic, treinador dos insulares, optou por mexer no meio-campo e no ataque: Filipe Gonçalves e Zequinha deram lugar a Mezga e Ricardo Gomes.

Num final de tarde soalheiro, que se verificou nas bancadas despidas do Estádio José Alvalade, Bas Dost 'agitou' o que começou por ser um jogo mais adormecido, fazendo o 150.º golo da carreira e o 23.º em 23 jogos realizados para a Liga: canto de Bryan Ruiz na direita e o avançado holandês a desviar com um golpe de cabeça certeiro, aos 13 minutos.

Pouco depois, foi a vez de Gelson ameaçar a baliza de Adriano, com Sequeira a conseguir desviar para a bola para canto, a milímetros do poste esquerdo. Os insulares não baixaram os braços e foram atrás do prejuízo. Ao minuto 20, Mezga rematou de fora da área, com o esférico a passar bem perto da trave da baliza de Rui Patrício.

Pouco antes da meia-hora de jogo, o árbitro anula um golo ao Sporting: remate de Gelson, a bola desvia num defesa e Bas Dost encosta junto ao poste, mas em posição irregular. Enorme coro de protestos em Alvalade, mas o avançado dos 'leões' estava, efetivamente, em posição irregular.

Ao minuto 34, o holandês voltou a fazer o gosto ao pé, novamente na sequência de um canto, a surpreender a defensiva insular com um remate junto ao poste direito, por cima da cabeça de Adriano.

Os 'leões', recorde-se, ocupam a terceira posição da tabela classificativa, com 51 pontos, menos 12 que o líder Benfica. Já os insulares, que não conhecem o sabor da vitória há 12 jogos, estão na 17.ª e penúltima posição, com 17 pontos, e lutam para fugir à zona de despromoção.

Conteúdo publicado por Sportinforma