V. Setúbal

19-03-2017 20:28

Couceiro: "É preciso ter uma ponta de sorte em momentos cruciais"

O Vitória de Setúbal foi ao Dragão conquistar um importante ponto.
Couceiro no Estádio do Dragão
Foto: José Coelho/Lusa

Couceiro no Estádio do Dragão

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

O treinador da equipa sadina realçou o empenho dos jogadores no Estádio do Dragão, resultando daí a surpresa no resultado (1-1).

“É difícil conseguir obter pontos no Dragão. Além da estratégia, empenho e qualidade dos jogadores, é preciso ter a ponta de sorte em momentos cruciais. Os meus jogadores estão de parabéns pela forma como lutaram. Entendo perfeitamente que, quanto mais perto o campeonato está do fim, mais esta tensão existe, mas acabámos por ter a sorte que não temos tido noutros desafios”, começou por dizer José Couceiro na flash interview da Sport TV.

O Vitória de Setúbal conseguiu, esta temporada, roubar pontos às duas equipas que lutam pelo campeonato, Benfica e FC Porto.

“Quando se joga contra equipas dessa dimensão não há nenhum segredo especial, a nossa atitude é sempre disputar o jogo. Se não marcarmos um golo dificilmente vamos conseguir pontuar e, por isso, arriscamos. Pode correr-nos mal mas prefiro que a minha equipa pense assim. Não vimos para aqui jogar com quatro centrais ou três trincos”, analisou.

O FC Porto falhou, este domingo, a ascensão à liderança do campeonato português depois de ter empatado com o Vitória de Setúbal a um golo no encontro da 26.ª jornada do campeonato português, disputado no Estádio do Dragão.

Conteúdo publicado por Sportinforma