Futebol

20-03-2017 18:10

Bernardo Silva: as comparações entre Jesus e Rui Vitória e a aposta nos jovens

O jogador que está prestes a juntar-se a seleção portuguesa falou ainda da carreira do Mónaco na Liga dos Campeões.
Bernardo Silva
Foto: EPA/GUILLAUME HORCAJUELO

Bernardo Silva

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

Bernardo Silva marcou presença num evento de uma marca desportiva no Cacém, onde falou do momento atual do futebol português mas também do seu passado no Benfica. O jovem jogador do Mónaco falou da sua saída do Benfica, quando percebeu que não seria aposta de Jorge Jesus. No entanto, garante, não guarda mágoa de ninguém.

"Quando saí, o Benfica tinha muitos jogadores para a minha posição. Percebi que não contava e tomei a opção de sair. Já falei nisso várias vezes. Não sinto mágoa de ninguém, mas fiquei um bocadinho triste por não ter tido a oportunidade de representar a equipa principal do Benfica. Estive no Benfica dos 7 aos 19 anos e esse era o meu grande objetivo. Felizmente, tomei uma boa decisão", disse o médio criativo.

Se com Jesus no banco a aposta nos jovens não era o desejado, com Rui Vitória houve uma inversão, com muitos jogadores ´Made in Seixal` a chegarem à equipa principal. Bernardo acredita que, talvez tivesse mais hipóteses de jogar com Rui Vitória.

"Não sei se teria mais oportunidades agora, mas é verdade que Rui Vitória tem apostado mais nos jovens. Desde que ele entrou no Benfica que têm saído vários jogadores da formação para a equipa principal. Talvez tivesse chegado à equipa principal e talvez tivesse mais oportunidades que não tive na minha altura", comentou.

O jogador que está prestes a juntar-se a seleção portuguesa falou ainda da carreira do Mónaco na Liga dos Campeões. Os franceses vão medir forças com o Borussia Dortmund nos quartos-de-final, depois de terem afastado o Manchester City.

"Gostava de chegar à final da Liga dos Campeões, mas para chagarmos à final primeiro temos de passar o Dortmund. Nesta competição queremos ir o mais longe possível. Em França queremos ganhar todos os troféus e estou focado em ajudar o Mónaco, sublinhou.

Grande parte da caminhada do Mónaco em França (lidera o campeonato) mas também na Europa é graças a Leonardo Jardim, técnico dos monegascos. Bernardo só tem elogios para o treinador madeirense.

"É um grande treinador. Tenho muito a agradecer-lhe, ensinou-me muito. Se não é o melhor, está entre os melhores", concluiu.

Conteúdo publicado por Sportinforma