Primeira Liga

20-03-2017 21:56

Couceiro rejeita rótulo de "postura defensiva" diante do FC Porto

Segundo o treinador dos sadinos, na ponta final do encontro, viu-se obrigado a baixar o bloco, fruto da pressão exercida pelo FC Porto.
Couceiro
Foto: DR

Couceiro

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O treinador de futebol do Vitória de Setúbal, José Couceiro, recusou hoje ter assumido uma postura defensiva no empate (1-1) diante do FC Porto, explicando que nunca passou essa ideia à equipa.

Couceiro, que falava instantes antes da Gala 'Quinas de Ouro', realizada pela Federação portuguesa de futebol, explicou o motivo pelo qual refuta o 'rótulo' que está a ser atribuído à equipa.

"Não tivemos uma atitude demasiado defensiva. A equipa do Vitória de Setúbal, quando o jogo está na segunda parte, nas substituições, trocou um médio por um ponta-de-lança. Na segunda, sou obrigado a trocar um defesa por outro, por lesão de Vasco Fernandes. Na terceira, troco um ala por outro ala. Não vejo aqui nenhuma atitude defensiva", salientou.

Segundo o treinador dos sadinos, na ponta final do encontro, viu-se obrigado a baixar o bloco, fruto da pressão exercida pelo FC Porto, equipa que considera de "grande qualidade".

Conteúdo publicado por Sportinforma