Presidente do Setúbal

21-03-2017 17:25

"O FC Porto devia estar calado porque ganhámos e empatámos com o Benfica"

Fernando Oliveira não hesita em afirmar que houve excesso de confiança dos ‘dragões’.
O presidente do Vitória de Setúbal, Fernando Oliveira
Foto: Lusa

O presidente do Vitória de Setúbal, Fernando Oliveira

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

Fernando Oliveira, presidente do Vitória de Setúbal, lamentou hoje as acusações do FC Porto de que os sadinos fizeram antijogo na partida de domingo, da 26.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, que terminou com uma igualdade (1-1) no Estádio do Dragão.

"Fizemos o jogo que tínhamos de fazer. Exigimos mais respeito, tanto do FC Porto como de outro clube qualquer. Os jogadores do FC Porto deviam penitenciar-se porque tiveram algumas oportunidades para fazer golo e não marcaram. Os postes fazem parte do jogo", disse por ocasião do início dos trabalhos de terraplanagem da academia do clube, em Vale de Cobro.

O dirigente, que contou na iniciativa com a presença do presidente da Liga Portugal, Pedro Proença, considera que os vitorianos também têm razões de queixa da arbitragem de Manuel Oliveira, juiz da associação do Porto.

"Na segunda parte tivemos alguns lances que mereciam repreensões. Vimos o Felipe pisar um jogador nosso quando estava no chão e vimos uma falta que não foi marcada sobre o Arnold, mas nisso eles não falam. Só no que lhes interessa porque são um clube grande, mas não pensem que fazem pouco do Vitória", referiu.

Fernando Oliveira, candidato da lista A às eleições do Vitória de Setúbal na sexta-feira, não hesita em afirmar que houve excesso de confiança dos ‘dragões’.

"Estavam convencidos que eram favas contadas e que o Vitória não contava para nada. Pensaram que diziam: ‘desculpem, temos de passar e ganhar este jogo'. Não contaram com o brio, categoria e personalidade do Vitória", frisou.

O presidente do conjunto setubalense recorda que a postura que a equipa tem tido nos jogos até já beneficiou os ‘dragões' na questão da luta do título.

"O FC Porto até devia estar calado porque nós com o Benfica já ganhámos [1-0] e empatámos [1-1]. Roubámos cinco pontos a um e quatro a outro, além de termos eliminado o Sporting da Taça da Liga. Ainda cá há de vir o Sporting para cair também aqui [Bonfim]", vaticinou.

Conteúdo publicado por Sportinforma