Football Talks

22-03-2017 12:09

Fernando Gomes recebe o Colar de Honra ao Mérito Desportivo

O primeiro-ministro, António Costa, entregou a distinção durante o congresso sobre futebol, que decorre no Estoril.
Fernando Gomes
Foto: DR

Fernando Gomes recebeu a distinção durante o Football Talks

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O primeiro-ministro, António Costa, entregou esta quarta-feira ao presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), Fernando Gomes, o Colar de Honra ao Mérito Desportivo, no congresso Football Talks, no Estoril, reconhecendo o papel do dirigente no desporto português.

Depois de enaltecer o "ano de luxo para o futebol português" e o trabalho de formação e desenvolvimento da modalidade sob a égide da FPF, o chefe do governo contou no palco com a companhia de Tiago Brandão Rodrigues, ministro da Educação, e João Paulo Rebelo, secretário de Estado da Juventude e Desporto, para agraciar o líder federativo.

"Mesmo para um otimista como eu, é difícil acreditar que possamos voltar a ter um ano tão bom como este”, confessou António Costa, acrescentando: “Esta é uma ocasião para celebrarmos aquele que foi o melhor ano de sempre a nível do futebol. Pudemos ter muitas alegrias. É difícil ter tido maior alegria coletiva do que aquela que o futebol nos deu”.

Fernando Gomes tomou, então, a palavra para agradecer a condecoração, mas partilhou-a com os seus colaboradores na FPF e com a sua família, reconhecendo o significado de "um ano fantástico e inolvidável na história" de Portugal.

"É um gesto que me deixa verdadeiramente honrado e sem palavras para o agradecer. É um galardão individual e naturalmente que eu poderei ter feito alguma coisa para o merecer, mas não é meu. É de muita gente que colaborou ao longo deste tempo comigo e com a federação", sublinhou o presidente do organismo.

A homenagem teve lugar no final da sessão de abertura da segunda edição do congresso Football Talks, que decorre até esta sexta-feira no Centro de Congressos do Estoril.

Em 2016, Portugal conquistou pela primeira vez na sua história uma grande competição internacional, o campeonato da Europa, disputado em França, enquanto a principal seleção feminina qualificou-se de forma inédita para uma fase final, o Europeu de 2017, que se jogará na Holanda.

Conteúdo publicado por Sportinforma