Football Talks

23-03-2017 13:15

Proença e a eterna questão da violência contra os árbitros: "Obviamente estou inconformado"

Presidente da Liga recorreu à experiência pessoal para falar sobre o clima de ameaça e violência contra os árbitros.
Pedro Proença no Football Talks
Foto: FPF

Pedro Proença

Por Eduardo Santiago e Inês Antunes sapodesporto@sapo.pt

Como não poderia deixar de ser, dado o atual clima de ameaça em torno das arbitragens, Pedro Proença foi 'bombardeado' com perguntas sobre o assunto, à margem do Football Talks, evento que decorre até esta sexta-feira.

"Obviamente estou inconformado, creio que as coisas podem ser diferentes e melhoradas. É um trabalho que não é só da responsabilidade de quem lidera, mas também dos dirigentes, jogadores, árbitros, também media. Todos nós temos de aprender que este é o caminho. Saberemos estar atentos aos sinais e procuraremos melhorar", afirmou Pedro Proença aos jornalistas.

O presidente da Liga recorreu ainda à experiência pessoal enquanto árbitro, lembrando que foi também vítima no passado de ameaças

"A arbitragem não está nas competições profissionais, enquanto ex-árbitro e atual presidente da Liga, todos nós condenamos o que se passou. Está a falar com uma pessoa a quem também aconteceram coisas desse nível. Não credibiliza a competição, mas também é claro que estes casos extravasam o fenómeno do futebol", constatou.

O dirigente pronunciou-se ainda sobre a introdução do sistema vídeo-árbitro no futebol. "É algo que vai acontecer. Temos um problema porque tudo passa na televisão. Não basta a habilidade dos árbitros no campo. Precisam de ser ajudados", referiu.

Questionado sobre o facto de em Portugal não existir uma mão mais pesada para quem fala de arbitragens, contrariamente a outros países como, por exemplo, Inglaterra, Proença considera que isso é extensivo a outras ligas europeias: "Isso não é verdade. Basta olhar para a nossa vizinha Espanha. Se dizem que somos agressivos a falar sobre arbitragem, fazia-vos um convite para assistir ao que se passa [em Espanha] depois de um clássico.

E por falar em clássicos, Pedro Proença admitiu que espera um Benfica-FC Porto "absolutamente fantástico". "Espero um grande jogo, com grande emotividade, com casa cheia... Vai ser uma festa e um hino ao futebol", afiançou.

Veja o vídeo!



Conteúdo publicado por Sportinforma