Segunda-Liga

25-03-2017 10:07

Gil Vicente abre escola de futebol no Canadá

Objetivo é potenciar a formação de jovens jogadores.
Gil Vicente fora do sorteio da I Liga
Foto: Lusa

Presidente do Gil Vicente

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O Gil Vicente abriu uma escola de futebol no Canadá e pretende "potenciar os quadros de formação", tendo em vista o regresso à Primeira Liga, que deve de acontecer em dois anos, disse à Lusa um dirigente do clube.

"O clube dentro de dois anos regressa à Primeira Liga Portuguesa. Esta direção liderada pelo António Fiúza tem um objetivo, que é potenciar os quadros da formação. Se conseguirmos potenciar os quadros da formação de Toronto será perfeito para um clube que a médio prazo tem um objetivo claro de se impor no futebol português e chegar às competições europeias", afirmou Miguel Sá Pereira, o diretor das Relações Internacionais dos ‘gilistas'.

O clube apresentou na sexta-feira à noite, em Toronto, a Gil Vicente Soccer School, nas instalações da Associação Migrante de Barcelos, coletividade que está a servir de ponte para a escola de futebol.

O dirigente pretende seguir o exemplo da formação praticada em Barcelos, e apontou para o caso do jogador luso-canadiano Bryan Araújo, agora internacional por Portugal, na categoria de Sub-17, e que foi formado no Sporting de Toronto, tendo passado ainda pelo SL Benfica.

"Queremos um modelo semelhante ao utilizado em Portugal, à imagem de uma experiência de sucesso verificada com um jogador que já tem contrato profissional connosco, o Bryan Araújo, o guarda-redes da seleção nacional de sub-17", sublinhou na conferência de imprensa.

O Gil Vicente pretende em todo o processo ser uma parte ativa, estando prevista para breve a deslocação a Toronto de técnicos profissionais do clube da II Liga, para darem formação aos treinadores da escola de futebol.

Esta é a primeira experiência internacional do Gil Vicente, e neste momento estão "abertas as portas para outros países seguirem o mesmo exemplo".

A Gil Vicente Soccer School conta com 86 jogadores inscritos, dos 5 aos 13 anos, de ambos os sexos, podendo trabalhar com atletas até aos 17 anos.

"Quando estiverem prontos, queremos ir a Portugal fazer um estágio e provar que no Canadá não há só basebol, basquetebol e hóquei no gelo. Também há futebol", afirmou José Carlos Silva, o responsável pela escola.

Após a Academia do Sporting de Toronto, a Escola de Futebol ‘Os Belenenses', a Dragon Force e a Escola de Futebol do Benfica, a Gil Vicente Soccer School é a mais recente escola de formação de um clube português a entrar oficialmente em atividade.

"Temos um campo sintético para as escolinhas, relvados para as outras equipas, treinadores formados, queremos ter um treinador credenciado a tempo inteiro. Não ficamos atrás de ninguém", concluiu José Carlos Silva.

Conteúdo publicado por Sportinforma