Tondela

28-03-2017 08:38

Amido Baldé tem a carreira em risco

Jogador do Tondela com diagnóstico de tromboembolia pulmonar bilateral.
Mar
Foto: SAPO Desporto

Amido Baldé em ação pelo Vitória de Guimarães

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O avançado luso-guineense do Tondela Amido Baldé, que esteve internado vários dias na semana passada, foi diagnosticado com uma tromboembolia pulmonar bilateral, revelou o responsável do Departamento Médico do clube ‘auriverde’.

Em comunicado, Eduardo Mendes, responsável do Departamento Médico do Tondela, explicou que o atleta de 25 anos "sentiu-se mal" quando se encontrava em casa, a 20 de março, tomando a iniciativa de se deslocar ao Hospital CUF Viseu, onde foi observado no Atendimento Permanente.

"Realizou uma tomografia axial computorizada (TAC) torácica e análises, sendo de pronto transferido para o Centro Hospitalar Tondela-Viseu (CHTV), com diagnóstico de tromboembolia pulmonar bilateral", acrescentou.

A nota refere que Amido Baldé ficou internado no Hospital de Viseu, onde contou com o apoio de várias especialidades médicas e foi também acompanhado pelo responsável do Departamento Médico do Tondela até à data da alta, que acabou por ocorrer a 24 de março.

"O atleta tem seguimento previsto no ambulatório do CHTV, com indicação para a realização de vários exames complementares de diagnóstico, onde será também devidamente acompanhado pelo Departamento Médico do Tondela", informou o mesmo responsável.

O avançado luso-guineense chegou ao Tondela no ‘mercado de inverno’, por empréstimo do Marítimo.

Do seu historial clínico, fornecido pela Marítimo, "consta apenas a referência a uma pneumonia em setembro de 2016, tratada em ambulatório".

"Aquando da sua inscrição no Tondela realizou exames médicos e exames complementares de diagnóstico no Hospital CUF Viseu e manteve-se apto para a atividade física (...). No Tondela realizou, desde então, atividade de treinos e jogos sem limitações", concluiu.

Conteúdo publicado por Sportinforma