Benfica-FC Porto

29-03-2017 09:00

'Azuis e brancos' mandam na Luz nos últimos 10 anos

Na época passada, o FC Porto de José Peseiro venceu na Luz por 2-1.
Jogadores do FC Porto celebram a vitória na Luz na época 2015/2016
Foto: PATRICIA DE MELO MOREIRA / AFP

Jogadores do FC Porto celebram a vitória na Luz na época 2015/2016

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O FC Porto tem apenas 15 triunfos em jogos do campeonato nacional de futebol disputados no reduto do Benfica, contra 42 dos anfitriões, mas manda na última década, com quatro vitórias e apenas duas derrotas.

Os ‘encarnados’ somam mais de 50 por cento de triunfos nos 82 jogos na Luz, onde já se registaram 25 igualdades, só que, desde 2006/07, em 10 anos, apenas ganharam duas vezes, por 1-0 em 2009/2010 e por 2-0 em 2013/14.

Saviola, aos 22 minutos, selou o sucesso a 20 de dezembro de 2009, numa noite de muita chuva, e Rodrigo, aos 13, e Garay, aos 53, marcaram a 12 de janeiro de 2014, no primeiro jogo do Benfica após a morte de Eusébio.

Todos os jogadores ‘encarnados’ jogaram com o nome de Eusébio na camisola, homenageando o ‘rei’ com a única vitória por mais do que um golo, de um conjunto ou outro, na Luz, para o campeonato, em 18 anos.

Os dois triunfos são, porém, exceção na última década, já que o FC Porto pontuou nos restantes oito, ao conquistar quatro triunfos e outras tantas igualdades.

A vitória mais emblemática foi, sem dúvida, a conseguida a 03 de abril de 2011, pois o 1-2, selado por um autogolo de Roberto e um penálti de Hulk, com outro de Saviola pelo meio, valeu o título nacional em pleno Estádio da Luz.

Derrotado, o Benfica apagou as luzes e ligou os expressores, mas não evitou a festa do conjunto comandado por André Villas-Boas, que viveu uma época perfeita, pois ainda conquistaria a Liga Europa e a Taça de Portugal.

Na última década, os ‘dragões’ venceram ainda em 2007/08 (1-0, com um golo de Ricardo Quaresma), em 2011/12 (3-2, com o tento decisivo apontado por Maicon, em fora de jogo) e na temporada passada.

A 12 de fevereiro de 2016, o grego Mitroglou adiantou o Benfica, aos 17 minutos, mas o mexicano Herrera, aos 28, e o camaronês Aboubakar, aos 65, deram a volta ao resultado, num embate em que brilhou sobretudo o guarda-redes espanhol Casillas, com uma série de defesas ‘impossíveis’.

Nos outros quatro jogos, registaram-se empates, a um tento em 2006/07 e 2008/09, a dois em 2012/13 e a zero em 2014/15, num resultado que, a quatro jornadas do fim, deixou o Benfica com três pontos e ‘meio’ de avanço sobre o FC Porto.

Apesar do registo desfavorável nos últimos 10 jogos, o Benfica continua a ter um balanço muito positivo nos confrontos caseiros para o campeonato, com quase o triunfo pelos triunfos (42 contra 15) e praticamente o dobro dos golos marcados (165 contra 83).

A história dos encontros para o campeonato na casa do Benfica começou há muito, no longínquo dia 24 de março de 1935: no Campo das Amoreiras, em Lisboa, os anfitriões venceram por 3-0, com tentos de Gaspar, Rogério e Vítor Silva.

Os ‘encarnados’ viriam a triunfar em 13 dos primeiros 14 jogos – a exceção é o 2-3 de 1939/40 - e não mais largaram a liderança no histórico, sendo que o FC Porto só por duas vezes conseguiu vitórias consecutivos, primeiro em 1974/75 (1-0) e 75/76 (3-2) e, depois, em 2010/2011 e 2011/2012.

A formação portista também só alcançou uma vitória por mais de um golo de diferença, quando venceu por 2-0 na ‘longínqua’ temporada de 1950/51.

Por seu lado, o Benfica apresenta uma série de goleadas, a maior das quais nos primórdios, em 1942/43: 10 tentos separaram as duas equipas (12-2), com o ‘póquer’ (quatro golos) de Julinho em destaque.

A formação lisboeta conseguiu outros resultados expressivos, destacando-se os 7-2 de 1944/45, os 6-0 de 36/37, os 5-1 de 35/36 e 41/42 e ainda os 4-0 de 45/46, 46/47 e 64/65.

Individualmente, o ‘maior’ é José Águas, que ‘bisou’ em cinco ocasiões e totalizou 14 golos, contra 10 do ‘rei’ Eusébio da Silva Ferreira.

- Os 82 encontros em reduto “encarnado”:

34/35 24/03/35 3-0

35/36 05/04/36 5-1

36/37 02/05/37 6-0

37/38 29/02/38 3-1

38/39 05/03/39 4-1

39/40 22/05/40 2-3

40/41 26/01/41 3-2

41/42 10/05/42 5-1

42/43 07/02/43 12-2

43/44 27/02/44 6-3

44/45 18/03/45 7-2

45/46 30/12/45 4-0

46/47 30/03/47 4-0

47/48 28/12/47 4-1

48/49 24/10/48 1-1

49/50 30/04/50 3-2

50/51 17/01/51 0-2

51/52 06/04/52 2-0

52/53 01/03/53 2-1

53/54 09/05/54 2-2

54/55 14/11/54 1-0

55/56 04/03/56 1-1

56/57 07/10/56 3-2

57/58 19/01/58 2-3

58/59 22/02/59 1-1

59/60 06/12/59 2-1

60/61 11/12/60 2-0

61/62 01/04/62 1-1

62/63 18/11/62 1-2

63/64 24/11/63 2-2

64/65 13/12/64 4-0

65/66 23/01/66 3-1

66/67 27/11/66 3-0

67/68 07/01/68 3-2

68/69 20/04/69 0-0

69/70 21/12/69 2-0

70/71 18/10/70 2-2

71/72 23/01/72 1-0

72/73 05/11/72 3-2

73/74 04/11/73 2-1

74/75 19/10/74 0-1

75/76 30/05/76 2-3

76/77 22/05/77 3-1

77/78 15/01/78 0-0

78/79 21/01/79 1-1

79/80 09/09/79 0-0

80/81 14/03/81 1-0

81/82 24/01/82 3-1

82/83 14/11/82 3-1

83/84 09/10/83 1-0

84/85 27/01/85 0-1

85/86 05/01/86 0-0

86/87 04/01/87 3-1

87/88 31/01/88 1-1

88/89 23/10/88 0-0

89/90 11/03/90 0-0

90/91 02/12/90 2-2

91/92 22/03/92 2-3

92/93 17/04/93 0-0

93/94 06/02/94 2-0

94/95 02/10/94 1-1

95/96 23/03/96 2-1

96/97 11/01/97 1-2

97/98 02/05/98 3-0

98/99 24/09/99 1-1

99/00 01/04/00 1-0

00/01 21/01/01 2-1

01/02 15/09/01 0-0

02/03 04/03/03 0-1

03/04 15/02/04 1-1

04/05 17/10/04 0-1

05/06 26/02/06 1-0

- Os últimos 10 jogos:

06/07 01/04/07 1-1 (Lucho Gonzalez 83pb/ Pepe 41)

07/08 01/12/07 0-1 (Ricardo Quaresma 42)

08/09 30/08/08 1-1 (Cardozo 56/ Lucho Gonzalez 11gp)

09/10 20/12/09 1-0 (Saviola 22)

10/11 03/04/11 1-2 (Saviola 17gp/ Roberto 09pb, Hulk 26gp)

11/12 02/03/12 2-3 (Cardozo 42, 47/ Hulk 07, James 64, Maicon 87)

12/13 13/01/13 2-2 (Matic 10, Gaitan 17/ Mangala 08, Jackson Martinez 15)

13/14 12/01/14 2-0 (Rodrigo 13, Garay 53)

14/15 26/04/15 0-0

15/16 12/02/16 1-2 (Mitroglou 17/ Herrera 28, Aboubakar 65)

Balanço:

Jogos: 82.

Vitórias do Benfica: 42 (51,2 por cento).

Empates: 25 (30,5 por cento).

Vitórias do FC Porto: 15 (18,3 por cento).

Golos marcados pelo Benfica: 165.

Golos marcados pelo FC Porto: 83.

Conteúdo publicado por Sportinforma