Benfica-FC Porto

29-03-2017 08:44

Benfica invicto entre 'grandes', FC Porto com mesmos pontos

A formação ‘encarnada’ empatou 1-1 no Dragão e venceu em casa o Sporting (2-1), enquanto os ‘azuis e brancos’ somaram um triunfo e um desaire face aos ‘leões’, ao vencerem em casa por 2-1, depois de perderem fora pelo mesmo resultado.
Benfica Sporting Rui Patrícia Ruben Semedo Rafa
Foto: © 2016 LUSA - Agência de Notícias de Portugal, S.A.

O Benfica venceu o Sporting em casa por 2-1

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O Benfica está invicto nos jogos entre ‘grandes’ na I Liga de futebol 2016/17, mas com os mesmos quatro pontos do FC Porto, que tem mais um jogo, em vésperas do confronto entre ambos, na Luz.

A formação ‘encarnada’ empatou 1-1 no Dragão e venceu em casa o Sporting (2-1), enquanto os ‘azuis e brancos’ somaram um triunfo e um desaire face aos ‘leões’, ao vencerem em casa por 2-1, depois de perderem fora pelo mesmo resultado.

O triunfo caseiro por 2-1 foi, assim, o resultado de três dos quatro jogos, sendo exceção o 1-1 do Dragão, entre FC Porto e Benfica, num embate que também só não deu vitória caseira por culpa de um golo aos 90+2 minutos, do central Lisandro López, na sua, até agora, última participação na prova.

O primeiro jogo entre os três principais clubes aconteceu logo à terceira jornada, a 28 de agosto de 2016, e em jogo estava a liderança, que as duas equipas repartiam, sendo as únicas com o pleno de seis pontos após duas rondas.

O conjunto de Nuno Espírito Santo começou da melhor maneira, com um tento do central brasileiro Felipe, um dos reforços portistas, logo aos oito minutos.

O Sporting não demorou, no entanto, a restabelecer a igualdade, selada aos 14 minutos, pelo argelino Slimani, na despedida de Alvalade antes de rumar ao Leicester, e, aos 26, virou o resultado, pelo ‘emergente’ Gelson Martins.

Até ao final, os ‘leões’ seguraram a vantagem e, assim, terminaram a terceira ronda isolados na liderança, com nove pontos, mais dois do que Benfica, Vitória de Setúbal e Sporting de Braga, os três segundos colocados.

O segundo embate aconteceu apenas à 10.ª ronda, depois de o campeonato dar grande volta: o Benfica chegou ao Dragão na liderança, cinco pontos à frente de FC Porto e Sporting de Braga e sete face ao Sporting.

Os ‘dragões’ precisavam de vencer e adiantaram-se no marcador aos 50 minutos, por intermédio de Diogo Jota, jogador que chegou a ser apontado ao Benfica e acabou no Atlético de Madrid, que o emprestou ao FC Porto.

A formação de Nuno Espírito Santo foi segurando a vantagem, mas, nos descontos, aos 90+2 minutos, Herrera cedeu desnecessariamente um canto, do qual nasceu o tento de Lisandro, de cabeça, servido por André Horta.

Com este resultado, o Benfica, que só havia cedido dois pontos, na receção ao Vitória de Setúbal (1-1), manteve-se como a única equipa invicta, com mais cinco pontos do que os rivais FC Porto e Sporting.

Três jornadas depois, realizou-se o último embate entre ‘grandes’ da primeira volta, numa altura em que o cenário mudara, já que, derrotado no reduto do Marítimo, o Benfica só liderava com mais dois pontos do que o Sporting.

A 11 de dezembro, a liderança estava, assim, em jogo na Luz, no primeiro dérbi do ano.

O Benfica adiantou-se aos 24 minutos, num contra-ataque finalizado pelo argentino Salvio, a passe de Rafa, e, no início da segunda parte, o mexicano Raúl Jiménez aumentou a vantagem de cabeça, após cruzamento de Nelson Semedo.

Aos 69 minutos, o holandês Bas Dost, substituto de Slimani nos ‘leões’ e melhor marcador da I Liga, ainda reduziu, depois de um centro da esquerda do costa-riquenho Joel Campbell, mas o ‘onze’ de Rui Vitória conseguiu segurar a vantagem mínima.

Com este triunfo, o Benfica segurou a liderança, quatro pontos à frente do FC Porto e cinco do Sporting.

O quarto embate entre ‘grandes’ e o primeiro da segunda volta aconteceu à 20.ª jornada, com o Sporting a deslocar-se ao Dragão já muito atrasado na corrida ao título, a seis pontos do FC Porto e sete do líder Benfica.

Em estreia pela FC Porto, o brasileiro Soares, contratado em janeiro ao Vitória de Guimarães, foi a grande ‘estrela’ do jogo, ao marcar dois golos, aos seis e 40 minutos, perante um Sporting “sem guião” na primeira parte.

Na segunda metade, Alan Ruiz, entrado ao intervalo, ainda reduziu, aos 60 minutos, mas o FC Porto, com a ajuda de uma preciosa defesa de Casillas a terminar, segurou a vantagem e deixou, em definitivo, o campeonato numa luta a dois.

Desde esse jogo até agora, nada se alterou na frente, pelo que o Benfica recebe o FC Porto com um ponto de vantagem, o que significa que a liderança volta a estar em jogo entre os dois intervenientes.

Os ‘encarnados’ só precisam de pontuar para segurarem a liderança, que ostentam desde a quinta ronda, enquanto os portistas estão obrigados a ganhar, num embate da 27.ª jornada que arranca às 20:30 de sábado.

Vencendo, o conjunto de Rui Vitória sela também a ‘vitória’ no campeonato dos ‘grandes’, ao passar a somar inatingíveis sete pontos, depois de em 2015/16 ter ficado em último, só com três (1-0 em Alvalade), decisivos para o ‘tri’.

- Os jogos entre os ‘grandes’ na I Liga 2016/17:

Jor. Data Resultado (marcadores)

03 28/08 Sporting - FC Porto, 2-1 (Slimani 14, Gelson Martins 26/ Felipe 08)

10 06/11 FC Porto - Benfica, 1-1 (Diogo Jota 50/ Lisandro López 90+2)

13 11/12 Benfica - Sporting, 2-1 (Salvio 24, Raúl Jiménez 47/ Bas Dost 69)

20 04/02 FC Porto - Sporting, 2-1 (Soares 06, 40/ Alan Ruiz 60)

27 01/04 Benfica - FC Porto, ?

30 22/04 Sporting - Benfica, ?

- Classificação dos jogos entre 'grandes':

J V E D GOLOS P

1. Benfica 2 1 1 0 3-2 4

2. FC Porto 3 1 1 1 4-4 4

3. Sporting 3 1 0 2 4-5 3

Conteúdo publicado por Sportinforma