Benfica-FC Porto

29-03-2017 08:40

Último jogo na Luz com 'vista' para o título deu 'nulo'

O Benfica recebe o FC Porto no próximo sábado num jogo que pode determinar as contas do título de campeão 2016/2017.
O mexicano Herrera entrou na segunda parte do 'clássico'
Foto: Patrícia de Melo Moreira

Último jogo na Luz com 'vista' para o título deu 'nulo'

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

Dois anos volvidos, o Benfica volta a receber o FC Porto num embate decisivo para o título da I Liga de futebol, sendo que, então, o embate terminou a zero e embalou os ‘encarnados’ para o ‘34’.

Em 2014/15, o ‘onze’ de Jorge Jesus chegou ao clássico da 30.ª jornada com mais três pontos do que o de Julen Lopetegui e, com o 0-0, num jogo sem risco, o Benfica ganhou ‘meio ponto’, pois tinha triunfado por 2-0 no Dragão.

Com três pontos, mais vantagem no confronto direto, para gerir em quatro rondas, o Benfica não vacilou, goleando Gil Vicente (5-0 fora) e Penafiel (4-0) e consagrando-se na penúltima ronda, com um empate a zero em Guimarães, suficiente face ao tropeção dos portistas no Restelo (1-1).

Desta vez, a margem do Benfica é mais curta (um ponto e não três) e o resultado do Dragão foi um empate (1-1), enquanto o que resta para o campeonato é maior, pois ficarão a faltar sete rondas, quando há dois anos sobravam quatro.

O clássico poderá, assim, não ter o mesmo poder de decisão do que o de 2014/15, ao qual o Benfica chegou com 74 pontos e, como agora, invicto em casa, contra 71 do FC Porto, que só apresentava uma derrota enquanto visitante, como agora.

Face ao desaire por 2-0 em casa, num jogo decidido por um ‘bis’ do brasileiro Lima, os ‘dragões’ teriam de vencer por um mínimo de dois golos para passarem para a frente da tabela, mas não fizeram muito por isso.

Desta vez, qualquer vitória do FC Porto coloca os ‘dragões’ na liderança, dois pontos à frente do Benfica e com vantagem no confronto direto, enquanto o triunfo das ‘águias’, vale quatro pontos à maior para os tricampeões e primazia no caso de igualdade pontual com os portistas no final da prova.

Nas últimas sete rondas, o Benfica tem três jogos em casa (Marítimo, Estoril-Praia e Vitórias Guimarães) e quatro fora (Moreirense, Sporting, Rio Ave e Boavista).

Por seu lado, os portistas recebem Belenenses, Feirense e Paços de Ferreira e visitam Sporting de Braga, Desportivo de Chaves, Marítimo e Moreirense.

Conteúdo publicado por Sportinforma