Sporting

29-03-2017 20:53

Bruno de Carvalho: "Não me considero provocador"

Esta foi a primeira entrevista de Bruno de Carvalho desde que foi reeleito para a presidência do Sporting e um dia depois de ter sido castigado pelo Conselho de Disciplina.
Bruno de Carvalho
Foto: DR

Bruno de Carvalho, presidente do Sporting

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

Bruno de Carvalho começou a entrevista à TVI a esclarecer que não se considera um provocador.

“Não me considero provocador. Acho que reajo e não sou de virar a cara. Gosto que os sportinguistas me tenham percebido e gosto que os outros não me percebam. Acho que é importante também”, disse o líder leonino no Jornal Nacional.

Esta foi a primeira entrevista de Bruno de Carvalho desde que foi reeleito para a presidência do Sporting e um dia depois de ter sido castigado pelo Conselho de Disciplina.

"O resultado das eleições para muita gente foi surpreendente, porque fui ouvindo os comentadores. O adversário não chegou aos dois dígitos. Naquilo que me interessa, os sportinguistas, sou perfeitamente compreendido.

O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, foi suspenso pelo Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de futebol por 113 dias, enquanto o diretor-geral ‘leonino’, Octávio Machado, foi punido com 75.

Em causa está uma queixa apresentada pelo Benfica em novembro de 2015 e que o CD apenas agora decidiu, por unanimidade, considerando que Bruno de Carvalho cometeu três infrações de lesão de honra e reputação, enquanto Octávio Machado o fez em duas ocasiões.

Recorde-se que a acusação contra a Sporting, SAD foi considerada prescrita.

Conteúdo publicado por Sportinforma