Benfica-FC Porto

30-03-2017 12:02

Como será o Benfica sem Lindelof e Fejsa? A visão de Eduardo Luís e Rui Águas

O Benfica-FC Porto, da 27.ª jornada da I Liga, está marcado para às 20h30 deste sábado.
FC Porto - Benfica: Lindeloff e Alex Adrian
Foto: AFP

FC Porto - Benfica: Lindeloff e Alex Adrian

Por Evandro Delgado sapodesporto@sapo.pt

Joga-se este sábado um dos clássicos mais decisivos do futebol português. O Benfica recebe o FC Porto na Luz na liderança da I Liga, com um ponto de vantagem, em jogo da 27.ª jornada.

Se do lado do FC Porto, não há limitações físicas nos principais jogadores, o mesmo não se poderá dizer do Benfica. Já se sabe que Jiménez está lesionado e não vai a jogo, Lindelof e Fejsa estão em dúvidas. Se o caso de Jiménez não é assim tão grave já que se trata de um suplente, situação muda de figura para Lindelof e Fejas.

A possível ausência do central sueco obriga Rui Vitória a mexer na dupla de centrais, o que nem sempre é benéfico. Já Fejsa é ainda mais difícil de substituir. Nos jogos em que não jogou, Samaris foi a escolha mas longe dos pergaminhos do médio sérvio.

Para tentar perceber as implicações destas possíveis mudanças, o SAPO Desporto falou com dois antigos jogadores dos dois clubes: Eduardo Luís, antigo defesa do FC Porto e Rui Águias, ex-avançado do Benfica que também jogou nos Dragões.

Para Rui Águas, "mexer na equipa, no eixo central, é sempre algo que não é positivo porque a dupla de centrais é muito importante na segurança de uma equipa". E mesmo que os suplentes tenham dado conta do recado quando foram chamados, "há sempre a questão de ritmo, de rotinas, de competição, que convém haver".

No caso de Fejsa, a sua ausência poderá deixar o Benfica mais exposto na zona central. "É uma zona muito importante para uma equipa que joga com dois médios, sendo um deles criativo, importa que o defensivo seja muito bom, como é o caso do sérvio, porque fisicamente é obrigado a grande trabalho e nesse aspeto é o jogador mais poderoso que o Benfica possui nessa zona do terreno", sublinhou Rui Águias, garantido: se Lindelof e Fejsa não recuperarem, "serão duas ausências importantes" no Benfica.

Eduardo Luís, antigo defesa do FC Porto, tem uma visão mais pragmática sobre as possíveis ausências no rival. O antigo defensor portista sublinha que "os grandes clubes têm grandes jogadores que substituem os que falham por lesão" e mesmo sabendo que Lindelof e Fejsa "são jogadores importantes, o treinador terá que encontrar soluções adequadas a um jogo destes", atirou.

As possíveis ausências do central sueco e do médio sérvio abrem as portas a Jardel e Samaris. Eduardo Luís garante que estes são os jogos que todos os jogadores querem jogar.

"Todos os jogadores de grandes clubes que normalmente não jogam treinam para aparecerem. Se falhar o Lindelof, jogará outro, que goste de jogar e ganhar", sublinhou o ex-Dragão ao SAPO Desporto.

O Benfica-FC Porto, da 27.ª jornada da I Liga, está marcado para às 20h30 deste sábado. Os ´encarnados` lideram a prova com 64 pontos, mais um que os ´azuis-e-brancos`

Conteúdo publicado por Sportinforma