Benfica - FC Porto

30-03-2017 08:40

Um jogo, cinco cenários distintos para as últimas oito rondas

O Benfica recebe o FC Porto no próximo sábado no Estádio da Luz.
Nelson Semedo disputa uma bola com Alex Telles durante um 'clássico' entre Benfica e FC Porto
Foto: FRANCISCO LEONG / AFP

Nelson Semedo disputa uma bola com Alex Telles durante um 'clássico' entre Benfica e FC Porto.

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O Benfica-FC Porto de sábado, a contar para a 27.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, é apenas um jogo, mas projeta cinco cenários distintos, para as últimas oito rondas da prova.

Os ‘encarnados’ podem reforçar a liderança, passando o avanço de um para quatro pontos, mas os ‘azuis e brancos’ têm a hipótese, falhada na jornada anterior, de ascender ao comando, com dois pontos à maior.

Face ao empate a um golo do Dragão, onde o central argentino Lisandro López marcou para os ‘encarnados’ aos 90+2 minutos, na sua – qual castigo - última aparição na prova, os números de nova igualdade, na Luz, dão origem a mais três cenários.

Em qualquer dos casos, o Benfica ficará com mais um ponto, mas terá vantagem no confronto direto se o jogo acabar sem golos, enquanto o FC Porto encurtará a distância em ‘meio’ ponto no caso de o empate ser a dois ou mais tentos.

Se o resultado voltar a ser 1-1, então nenhum dos conjuntos fica com vantagem, o que significaria que, em caso de empate pontual no fim do campeonato, venceria a equipa que, então, tivesse a maior diferença entre golos marcados e sofridos – de momento o FC Porto está melhor (58-12 contra 56-13).

Persistindo a igualdade, a diferença seria feita pelo maior número de vitórias (o Benfica vai liderando por 20-19), seguindo-se o maior número de golos marcados.

Se nenhum dos anteriores critérios desempatar os dois conjuntos, então a atribuição do título teria de ser decidida num novo embate entre os dois, em campo neutro.

O Benfica procura o 36.º título e um inédito quarto consecutivo, enquanto o FC Porto tenta o seu 28.º e primeiro após o conquistado em 2012/13, marcado pelo golo de Kelvin aos ‘encarnados’ (2-1), na 29.ª e então penúltima jornada.

Em termos matemáticos, também ainda podem chegar ao cetro o Sporting, que é terceiro, com 54 pontos, menos 10 do que o Benfica e nove face ao FC Porto, e até Sporting de Braga (quarto, 46 pontos) e Vitória de Guimarães (quinto, com 44).

- Cenários após o Benfica-FC Porto:

Vitória do Benfica

1. Benfica 67 pontos

2. FC Porto 63

(Benfica fica com vantagem no confronto direto)

Empate a zero

1. Benfica 65

2. FC Porto 64

(Benfica fica com vantagem no confronto direto)

Empate a um golo

1. Benfica 65

2. FC Porto 64

(Vantagem nula no confronto direto - em caso de empate pontual, no final do campeonato, desempate será feito pela diferença total entre golos marcados e sofridos, depois pelo maior número de vitórias e depois pelo maior número de golos marcados)

Empate a dois ou mais golos

1. Benfica 65

2. FC Porto 64

(FC Porto fica com vantagem no confronto direto)

Vitória do FC Porto

1. FC Porto 66

2. Benfica 64

(FC Porto fica com vantagem no confronto direto)

Conteúdo publicado por Sportinforma