Benfica 1-1 FC Porto

02-04-2017 12:42

FC Porto dá nota negativa ao trabalho de Carlos Xista na Luz

Clube portista não ficou satisfeito com a atuação do árbitro Carlos Xistra.
Benfica vs FC Porto
Foto: MIGUEL A. LOPES/

Clube portista não ficou satisfeito com a atuação do árbitro Carlos Xistra.

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

Dois lances de dúvida e um erro grave são as principais críticas do FC Porto à equipa de arbitragem liderada por Carlos Xistra no 'clássico' com o Benfica que terminou 1-1.

Segundo escreve a publicação oficial do FC Porto 'Dragões Diário', a equipa de Nuno Espírito Santo queixa-se de alguns erros de arbitragem.

"O árbitro Carlos Xistra não teve qualquer dúvida a assinalar penálti logo aos cinco minutos, numa jogada entre Jonas e Felipe, bem fabricado pelo avançado do Benfica, mas em que há um toque de Felipe. É uma pena que penáltis muito mais evidentes, como por exemplo ainda na semana passada com o Setúbal, e foram três, não tenham sido assinalados - e bastaria converter um para o FC Porto já ser líder. De resto, da arbitragem ressaltam dois lances de dúvida na área do Benfica, sobre Soares e Otávio, e um erro grave, quando o árbitro assistente assinalou fora de jogo inexistente quando Diogo Jota corria isolado para a baliza em posição legal. Isto para além de algumas faltas por assinalar, como disse Nuno Espírito Santo", pode ler-se na referida publicação.

No entanto, o FC Porto reconhece que a equipa 'teve uma entrada em falso' no jogo, mas frisou que Maxi Pereira marcou um golo 'à ponta de lança'.

Conteúdo publicado por Sportinforma