Primeira Liga

03-04-2017 15:46

António Salvador: "Empatar em casa, depois de estar a ganhar 3-0, é mau"

O presidente do Sporting de Braga lamentou hoje o empate 3-3 de domingo com o Marítimo, na 27ª jornada da I Liga de futebol.
António Salvador
Foto: ALEXANDRE RIBEIRO / LUSA

António Salvador

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O presidente do Sporting de Braga lamentou este domingo o empate 3-3 de domingo com o Marítimo, na 27ª jornada da I Liga de futebol, e apelou ao apoio dos adeptos, porque a equipa precisa de "tranquilidade" e "carinho".´

A equipa comandada por Jorge Simão empatou em casa com o Marítimo, depois de ter estado a vencer por 3-0, resultado que não agradou a António Salvador, que mostrou dificuldade em perceber a intranquilidade que se apoderou da equipa depois de estar em vantagem.

"Empatar em casa, depois de estar a ganhar 3-0, é mau. Não me lembro de uma equipa estar em casa a vencer 3-0 e deixar-se empatar. Já vi o contrário, uma equipa da casa estar a perder e dar a volta, ou empatar", afirmou à margem de uma iniciativa do futebol feminino do clube que envolveu várias dezenas de jovens no Estádio 1º de Maio.

No final do jogo com os madeirenses, o técnico Jorge Simão foi contestado pelos adeptos e António Salvador, que também assumiu responsabilidades, apelou à união de todos de forma a garantir o quarto lugar, que agora partilha com o Vitória de Guimarães (ambos com 47 pontos).

"É um momento difícil que estamos a atravessar, mas todos juntos, e eu não me desvio dessa responsabilidade, temos que nos concentrar e unir para as últimas sete jornadas que faltam para alcançar aquilo que nos propomos, que é ficar em quarto lugar. Temos que reunir as tropas e concentrar-nos para o que é o mais importante, que é o próximo jogo, em Santa Maria da Feira [Feirense]. Peço aos nossos adeptos que nos acompanhem porque a nossa equipa precisa de apoio, tranquilidade e de carinho", disse.

António Salvador disse perceber as críticas dos adeptos e conhecer a sua "exigência", mas frisou que, "mesmo com estes problemas todos com o plantel", o Braga "está em quarto lugar, à frente do Vitória [de Guimarães], com os mesmos pontos".

Sobre o futuro de Jorge Simão, que tem contrato por mais uma temporada, respondeu: "o foco é naquilo que falta até ao final da época e no pensamento de vitória em cada jogo", disse.

O líder dos minhotos disse-se ainda "preocupado" com as arbitragens, tendo defendido que, no lance em que Pedro Santos saiu lesionado, o defesa direito do Marítimo, Patrik, devia ter sido expulso.

"O que se passou no nosso campo e o que se tem passado, em particular nesta jornada, noutros campos, obviamente que nos deixa preocupados e atentos e esperamos que a classificação final não seja desvirtuada por aquilo que não é feito por nós dentro das quatro linhas. Vamos estar atentos", afirmou.

O presidente do Sporting de Braga lamentou as muitas lesões que têm assolado o plantel esta época, rol a que se juntou no domingo Pedro Santos, que vai fazer ainda exames de diagnóstico para determinar a gravidade da lesão.

Hassan, que hoje foi operado à parede abdominal, perde o resto da temporada e António Salvador acrescentou que Wilson Eduardo e Assis também podem não jogar mais esta época devido a problemas físicos.

Conteúdo publicado por Sportinforma