Agressões Canelas

04-04-2017 20:41

Secretário de Estado quer soluções contra violência no desporto

João Paulo Rebelo garantiu que vai promover reuniões com várias entidades do futebol.
Secret
Foto: SAPO Desporto

João Paulo Rebelo

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo, disse hoje que vai promover uma reunião com várias entidades do futebol nacional para encontrar soluções para "erradicar a violência do desporto".

O governante, que falou à margem da sua participação no Fórum do Treinador, promovido, em Gondomar, pela Associação Nacional de Treinadores e Futebol, sublinhou que este é um problema "que há muito preocupa o governo".

"Não é apenas por este caso [da agressão a um árbitro no jogo Rio Tinto-Canelas] que o Governo está preocupado. É uma questão que já venho a refletir deste que tomei posse, e já fiz várias reuniões com as entidades ligadas ao futebol para abordarmos o assunto", disse.

João Paulo Rodrigues contou que no próximo encontro com esse intuito, agendado para quinta-feira, ao meio-dia, vai sentar à mesma mesa elementos da Federação Portuguesas de Futebol, da Liga, da Associação de Árbitros, da Associação de Treinadores e do Sindicato dos Jogadores.

"É uma oportunidade para todos refletirmos e discutirmos em conjunto, dando um sinal interessante à sociedade que estamos interessados em erradicar a violência no desporto, e que este é um combate que tem de ser feito por todos", afirmou.

Mais precisamente sobre caso de agressão a um árbitro por parte de um jogador do Canelas, num jogo frente ao Rio Tinto, da Divisão de Elite da Associação de Futebol do Porto, João Paulo Rebelo falou num "episódio de violência, extrema, bruta e sem qualquer sentido".

"O que aconteceu é lamentável, mas, paradoxalmente, é um caso exemplar pelas medidas que foram tomadas. A Federação Portuguesa de Futebol emitiu um comunicado a lamentar, a polícia no local interveio de imediato detendo o agressor e o próprio clube afastou o jogador. Pese ser um péssimo exemplo, a verdade é que sistema funcionou", analisou o governante.

João Paulo Rebelo lembrou, por fim, "que apesar deste episódio que todos temos de repudiar, a verdade é que, nesse mesmo dia, houve inúmeros eventos que as coisas correram com os valores supremos do desporto"

Conteúdo publicado por Sportinforma