Primeira Liga

07-04-2017 13:28

Sexto lugar passou a ter vista para a Europa. E a culpa é da Taça

Marítimo, Rio Ave, Chaves, Feirense, Boavista e Vitória de Setúbal ainda podem sonhar com o acesso à terceira pré-eliminatória da Liga Europa.
V.Setúbal-Marítimo
Foto: Lusa

Marítimo e V. Setúbal são duas das equipas na luta pelo acesso à Europa

Por Inês Antunes sapodesporto@sapo.pt

Faltam apenas sete jornadas para o final do campeonato, e se a luta tem fervido no topo da classificação, entre Benfica e FC Porto, adivinha-se agora nova disputa acesa pelo... sexto lugar. E tudo por culpa da Taça de Portugal.

Quis o destino (para quem acredita nisso) que a final de 28 de maio, no Jamor, colocasse frente a frente Benfica e Vitória de Guimarães, duas equipas que estão atualmente acima do quinto lugar, ou seja, em zona europeia do campeonato. Ora esse cenário reforça as probabilidades de também a sexta posição dar acesso à Europa.

Tal apenas não se confirmará se os vimaranenses, neste momento no quarto lugar, terminarem a Primeira Liga na sétima posição (ou abaixo) e erguerem a Taça. Nesse caso, será a equipa de Pedro Martins a ocupar a vaga na terceira pré-eliminatória da Liga Europa reservada ao vencedor da competição. E mesmo que o Benfica vença no Jamor, as probabilidades de ficar abaixo da quinta posição são, obviamente, remotas, o que significa que o caminho poderá estar aberto para Marítimo, Rio Ave, Chaves, Feirense, Boavista ou Vitória de Setúbal.

Na ‘pole position’, neste momento, estão os insulares, que ocupam precisamente a sexta posição da tabela classificativa, com 41 pontos. Seguem-se Rio Ave (38), Chaves, (36) e Feirense (35), Boavista e V. Setúbal (ambos com 34). Ou seja, existem apenas sete pontos a separar o sexto classificado do 11.º. E convém não esquecer que as contas para a Liga Europa também se fazem com o SC Braga e o Vitória de Guimarães, que têm mais seis pontos que os insulares. Embora as duas equipas estejam numa situação mais confortável, até ao lavar dos cestos...

O caminho das seis equipas rumo à Europa

A corrida ao sexto lugar está oficialmente aberta e arranca logo esta jornada, com a receção do Marítimo ao Chaves, na próxima segunda-feira. A equipa de Daniel Ramos chega ao encontro nos Barreiros depois de um empate a três bolas com o SC Braga – chegou a estar a perder por 3-0 – e terá pela frente um Chaves de orgulho ferido após a eliminação na Taça de Portugal, aos pés do V. Guimarães.

A missão não será fácil para nenhuma das equipas, começando logo pelo emblema maritimista, que ainda terá de visitar o Benfica, na jornada seguinte, e receber o FC Porto, na 32.ª jornada, além dos confrontos com os também candidatos Belenenses e Feirense.

O Rio Ave, atual sétimo classificado, também não poderá descansar nesta reta final do campeonato: recebe esta jornada o Vitória de Setúbal, também ele na luta (ainda que mais distante) pelo acesso à Europa. Destaque ainda para uma receção ao Benfica e uma visita ao reduto do Chaves.

Tal como o Marítimo, também a equipa de Ricardo Soares tem na agenda dois duelos com ‘grandes’ – FC Porto em casa a 29 de abril e visita a Alvalade na derradeira jornada. Depois da difícil deslocação aos Barreiros, segue-se logo o reencontro com o ‘carrasco’ da Taça de Portugal, em Chaves.

O Feirense, atual nono classificado, ainda pode sonhar com o apuramento para a Liga Europa, mas para isso terá de sair com distinção dos duelos frente ao SC Braga, já esta sexta-feira, FC Porto, no Estádio do Dragão, e Sporting, em Santa Maria da Feira. Isto não esquecendo o confronto direto com o Marítimo e a visita a Guimarães a fechar.

Boavista e V. Setúbal, ambos com 34 pontos, partem mais atrás nesta corrida, mas ainda podem olhar para cima. A equipa de Miguel Leal começa logo com uma visita ao terreno do Sporting, agendada para este sábado, e termina com o encontro com o Benfica no Bessa, duelo de elevado grau de dificuldade, uma vez que se espera uma luta pelo título taco a taco até à última jornada. Pelo meio há ainda visitas a V. Guimarães e V. Setúbal.

A equipa de Couceiro, por sua vez, tem aparentemente um calendário mais tranquilo. Já ‘despachou’ os jogos com Benfica e FC Porto (e com bons resultados), faltando apenas a receção ao Sporting na ronda seguinte.

Conteúdo publicado por Sportinforma