FC Porto 3-0 Belenenses

08-04-2017 20:06

Dragões vencem e sentam-se provisoriamente na cadeira da liderança

O FC Porto venceu o Belenenses e sobe provisoriamente à liderança do campeonato, ficando à espera do resultado do Benfica, que joga amanhã em Moreira de Cónegos.
FC Porto vs Belenenses
Foto: Lusa

Soares (C) celebra o golo com os colegas

Por João Agre sapodesporto@sapo.pt

O FC Porto venceu, este sábado, o Belenenses por 3-0, em jogo da 28.ª jornada da I Liga, disputado no Estádio do Dragão. Danilo apontou (37’), Soares (70’) e Brahimi (74’ g.p) fizeram os golos da partida. Com este resultado, os Dragões sobem provisoriamente à liderança do campeonato português, ficando à espera do que fará amanhã o Benfica em Moreira de Cónegos.

Nuno Espírito Santo promoveu Boly à titularidade no centro da defesa portista no lugar, esperado, de Marcano. André André continuou no meio-campo, num ataque formado pela dupla André Silva e Soares. Corona saiu do onze portista.

Pouco antes do apito inicial, Fábio Veríssimo e a restante equipa de arbitragem do encontro vestiram uma camisola e exibiram uma tarja a pedir respeito pelos árbitros. Jogadores de ambas equipas uniram-se à causa mas o público do Estádio do Dragão respondeu com apupos e assobios. Recorde-se que no domingo passado, Marco Gonçalves, antigo jogador do Canelas, agrediu o árbitro José Rodrigues no encontro com o Rio Tinto, acabando mesmo por ser hospitalizado.

Nos minutos iniciais assistiu-se a um jogo muito equilibrado, com o FC Porto a ter mais posse de bola mas sem conseguir criar perigo.

Aos 19 minutos, pediu-se grande penalidade no Dragão. Soares cruzou para a grande área, André Silva fez a emenda e a bola pareceu ir ao braço de Edgar Ié. O árbitro Fábio Veríssimo mandou jogar, mesmo perante os protestos dos jogadores portistas.

Logo de seguida, surgiu uma grande oportunidade para o FC Porto. Após um bom passe de André André a descobrir Maxi solto na área, o uruguaio simulou um remate mas acabou por passar a Soares que, em posição frontal, atirou fraco à figura de Cristiano. À meia hora de jogo, o ex-Vitória de Guimarães voltou a desperdiçar uma grande oportunidade, após grande trabalho do espanhol Oliver.

Aos 37 minutos, na sequência de um livre batido por Brahimi, André Silva amorteceu de cabeça, Danilo dominou e rematou com força à baliza de Cristiano, inaugurando o marcado. Este foi o quarto golo do internacional português na presente época.

Na segunda parte, os homens comandados por Nuno Espírito Santo procuraram o segundo golo, o Belenenses ia dando réplicas de vontade de mudar o resultado mas, aos 70 minutos, Tiquinho Soares aumentou a vantagem portista. Corona, que tinha entrado há um minuto para o lugar de André Silva, fez um grande trabalho ao ultrapassar um adversário e cruzou para o coração da área, onde apareceu o avançado goleador brasileiro a cabecear certeiro para o 2-0.

Quatro minutos depois, Brahimi foi derrubado na área por Domingos Duarte e Fábio Veríssimo apontou para o castigo máximo. Foi mesmo o argelino que se encarregou de converter com sucesso a grande penalidade, marcando o terceiro para os azuis e brancos.

Com este resultado, os Dragões somam agora 67 pontos, mais dois que o Benfica, instalando-se na liderança do campeonato. Os tricampeões jogam amanhã em Moreira de Cónegos com o objetivo de vencer para recuperar o trono.

Conteúdo publicado por Sportinforma