Benfica

13-04-2017 20:37

Artur Moraes: "É inadmissível usar uma tragédia como esta para insultar"

Guarda-redes da Chapecoense mostrou-se indignado com a falta de sensibilidade da claque liderada por Fernando Madureira.
Artur Moraes mostrou-se indignado com os cânticos dos Super Dragões sobre a Chapecoense e o Benfica
Foto: JUAN BARRETO

Artur Moraes mostrou-se indignado com os cânticos dos Super Dragões sobre a Chapecoense e o Benfica

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

O antigo guarda-redes do Benfica e atual guardião da Chapecoense, Artur Moraes, ficou estupefacto com a atitude de vários membros da claque oficial do FC Porto durante um jogo de andebol contra o rival de Lisboa, e não poupou críticas na forma como certas pessoas encaram o desporto na vida.

"O meu telefone está a explodir com mensagens de Portugal. A minha posição é que isso não pode passar em branco, no meu modo de pensar. É inadmissível usar uma tragédia como esta para insultar ou agredir qualquer um, seja por rivalidade ou pelo que for", afirmou Artur Moraes em declarações ao portal Globoesporte.

"Acho isso muito triste, lamentável, uma insensibilidade muito grande. A rivalidade do futebol não pode passar para esse tipo de sentimento. Eu entendo que a rivalidade entre Benfica e FC Porto é muito grande, mas eu acho uma falta de respeito com a cidade, com o clube e mais ainda com os familiares das vítimas", frisou o antigo guarda-redes do Benfica.

Conteúdo publicado por Sportinforma