Primeira Liga

18-04-2017 15:37

Casillas: "Mourinho? Muita ligação no início mas no final o feeling não era bom"

Guarda-redes do FC Porto deu uma entrevista a um canal de televisão espanhola, onde falou de Mourinho, da seleção e do Clássico entre Real Madrid e Barcelona.
Iker Casillas
Foto: DR

Iker Casillas falou sobre a sua relação com José Mourinho

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

No próximo sábado decorre o dérbi em Alvalade mas não será o único Clássico do fim de semana. No domingo, serão Real Madrid e Barcelona a defrontarem-se no Clássico do futebol espanhol.

Com este jogo em mente, o canal de televisão espanhol Movistar+, citado pelo jornal espanhol As, realizou uma entrevista a Iker Casillas, guarda-redes do FC Porto, que falou sobre o duelo entre os 'blancos' e os 'blaugrana', o seu tempo com Mourinho ou a não chamada à seleção espanhola por Lopetegui, treinador que o orientou nos 'dragões'.

"Espero que ganhe o [Real] Madrid e assegure um pouco mais a conquista da Liga", afirmou o guardião, que considera a conquista do campeonato pelos 'madrilenos' como algo "completamente merecido".

Sobre José Mourinho, treinador que o orientou no Real Madrid e que acabou por não ter a melhor das relações, Casillas comparou o seu relacionamento com o português com uma relação amorosa entre duas pessoas.

"No início, havia muita ligação mas no final não havia um feeling muito bom. É como um casal. No início estás muito apaixonado, mas depois não dá mais de si", afirmou o jogador, numa antevisão da entrevista ao Movistar+, que será transmitido na quinta-feira.

Sobre a seleção espanhola, o guarda-redes refere que não vai renunciar, não obstante não participar num jogo da seleção principal, desde 27 de junho de 2016, onde foi suplente não utilizado na derrota da Espanha frente à Itália, nos oitavos de final do Euro 2016.

"Não renunciei à seleção nem o vou fazer. No dia em que o faça, serei eu que o vou dizer. Tenho uma luta comigo mesmo. Se estou a gostar e estou bem comigo mesmo, porque é que não me chama o selecionador? É uma decisão dele. Eu gostaria [de ser chamado]", referiu.

Iker Casillas recuperou a boa forma esta época, ao serviço do FC Porto. O guardião espanhol leva 39 partidas realizadas e 21 golos sofridos, contribuindo para que os 'dragões' sejam a defesa menos batida do campeonato, a par do Benfica.

Conteúdo publicado por Sportinforma