Futebol

19-04-2017 08:44

FC Porto acusa árbitro Tiago Antunes de xenofobia

O FC Porto insurgiu-se contra Tiago Antunes, o 4.º árbitro do SC Braga - FC Porto, que terminou empatado a uma bola.
Estádio do Dragão
Foto: Валерий Дед

Estádio do Dragão

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

O FC Porto insurgiu-se contra Tiago Antunes, o 4.º árbitro do SC Braga - FC Porto, que terminou empatado a uma bola. De recordar que foi Tiago Antunes quem deu ordens de expulsão a Brahimi, castigado posteriormente com dois jogos.

Francisco J. Marques, diretor de comunicação do FC Porto, acusa mesmo o árbitro de xenofobia, na sequência de uma suposta troca de mensagens com um adepto dos ´dragões` nas redes sociais. De acordo com o dirigente, o tal adepto dos ´dragões` criticou o juiz, com mensagens no Facebook onde mostrou vídeos de vários lances contestados pelos azuis-e-brancos e que este terá ripostado em tons impróprios.

Alegada conversa entre Tiago Antunes e um adepto do FC Porto

"Manda mas é o vídeo do Brahimi aos berros na cara do quarto árbitro, cheio de perdigotos, a falar numa língua que deve ter aprendido no tempo da tropa. Mas manda os dois vídeos, não mandes só um, porque não fez isso só uma vez, foram duas. Borrego. Depois pede a um muçulmano para te fazer isso. E vê qual é a tua reação. E mais vão todos para o c£@...o os que têm a tua opinião", terá respondido Tiago Almeida ou alguém que tenha um perfil com o nome igual ao dele.


A mensagem circulou esta terça-feira nas redes sociais sem que o Conselho de Arbitragem tenha tomado qualquer posição. De acordo com Francisco J. Marques, em declarações ao Porto Canal, o árbitro terá negado aos responsáveis da arbitragem portuguesa ter sido o autor da mensagem, alegando que apagou a sua a página pessoal no Facebook no dia anterior. No entanto, Francisco J. Marques garante que a conversa privada entre o tal adepto do FC Porto e Tiago Antunes foi enviada às 8h56 de terça-feira.

"A mensagem é xenófoba para as pessoas muçulmanas. Tiago Antunes enviou a resposta às 8h56 para o senhor Ângelo Lopes, adepto do FC Porto com quem falei, que confessou ter enviado a mensagem, com cinco ou seis vídeos destes lances do jogo, e a resposta foi esta. Tiago Antunes negou a quem o superintende o envio desta mensagem e disse que tinha apagado a sua página de Facebook ontem. É mentira. A mensagem foi enviada às 8h56, esta manhã [de terça-feira]. Alguém da arbitragem ou da FPF tem de falar sobre isso. Isto não é árbitro a manifestar a sua preferência clubística, isto é um comportamento indigno", afirmou o dirigente no programa ´Universo Porto` do Porto Canal.

Conteúdo publicado por Sportinforma