The Future of Football

27-04-2017 16:07

Um treinador, um Power Point e dez frases marcantes. Assim foi a palestra de Jorge Jesus

Conheça algumas das principais tiradas do técnico durante a sua intervenção no Congresso "The Future of Football".
Vitoria de Setubal vs Sporting
Foto: Lusa

Jorge Jesus, treinador do Sporting

Por Inês Antunes sapodesporto@sapo.pt

Jorge Jesus foi um dos grandes destaques da terceira edição do Congresso Internacional "The Future of Football", que terminou esta quinta-feira, em Alvalade. Com recurso a Power Point, o técnico 'leonino' falou, bem ao seu jeito, sobre aquilo que, na sua opinião, faz um (bom) treinador. Eis os ensinamentos de Jesus.

- "O treinador é um criador, ele e a sua equipa técnica, deve dar uma filosofia à equipa, ideias à equipa, criar métodos de treino, ter um objetivos de treino e a ciência no treino, que também ajuda e contribui para as ideias da equipa: o sistema de jogo, o modelo de jogo e o modelo de jogador.

- "Por que é que eu defino que o treinador é o criador de todos estes aspetos que têm a ver com o treino? Não sou eu, é uma equipa técnica que trabalha comigo há vários anos e tentamos desenvolver, no treino, todas estas competências. Não levem a mal: isto não é uma cartilha coletiva"

- "Quem não perceber o que é um sistema, nunca vai dar treinador."

- "O futebol vai ser como o andebol ou o basquetebol e, por isso, a cultura tática dos jogadores vai ter de ser ainda maior. O futuro vai ser isto, mas eu já o faço."

- "Isso tem a ver com os comportamentos individuais, mas com as características que um jogador tem para entrar no modelo de jogo e no sistema de jogo. Por isso é que importa ser o treinador a escolher, porque não basta só ter técnica, precisa de outros argumentos para o que estou a tentar criar no Sporting, que é uma cultura de campeão."

- "O treinador tem de reunir muito mais qualidades, muito mais valências para ser um treinador de topo, trabalhando em equipas de topo, como eu faço hoje no Sporting."

- "O treinador tem de criar as suas ideias, ter os seus dez mandamentos, embora cinco só os vá dizer no próximo congresso. Tem de ser criativo, organizado, tem de operacionalizar o treino, liderar e ter paixão. Estes são os cinco requisitos."

- "Se um jogador sem talento treinar comigo, nunca vai dar jogador! Não se consegue potenciar se não houver o talento. No futebol, a prática é o critério da verdade. Jogo falado é uma coisa, jogo jogado é outra, jogo treinado é outra."

- Sobre quem diz que que um treinador tem de ter pensamento: "Pensamento de quê, do Tio Patinhas? O Luís [Figo] nunca teve um treinador que lhe dissesse isto."

- Sobre o golo do Barcelona ao Real Madrid, no clássico de Espanha, ao minuto 90+2: "Foi uma facada tão grande... Quando levei golo, aos 92’, gritaram 'Aqui, em Madrid, é assim'. Agora foi ao contrário, sofreram eles aos 92’”

Conteúdo publicado por Sportinforma