Belenenses

02-05-2017 18:40

Rui Pedro Soares insurge-se contra o ataque a Camará após a derrota com o Paços de Ferreira

Presidente da SAD do Belenenses criticou o 'comportamento desumano' de alguns adeptos após a tentativa de agressão a Abel Camará.
Domingos chega ao Restelo para lutar pela Europa na próxima época
Foto: SAPO Desporto

Presidente da SAD do Belenenses criticou o 'comportamento desumano' de alguns adeptos após a tentativa de agressão a Abel Camará.

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O presidente da SAD do Belenenses criticou hoje o "comportamento desumano de meia dúzia de adeptos" que insultaram Abel Camará e que tentaram agredir a mulher do futebolista dos ‘azuis', após a derrota com o Paços de Ferreira.

Rui Pedro Soares lamentou o facto de o Belenenses ter sido "falado pelas piores razões" no domingo, na sequência do desaire caseiro com os pacenses (2-1), após o qual vários adeptos se deslocaram para junto do parque de estacionamento da SAD, para mostrar o desagrado pela sétima derrota consecutiva na I Liga.

"Infelizmente, o Belenenses voltou a ser falado pelas piores razões, pelo comportamento desumano que meia dúzia de adeptos teve com o nosso capitão e que vai ser levado até às últimas consequências. A mulher do Abel está grávida, foi insultada e alvo de uma tentativa de agressão. Perante isto, a SAD do Belenenses vai tomar todas a medidas legais para responsabilizar aqueles que foram identificados", afirmou aos jornalistas.

O líder da SAD dos ‘azuis' revelou que no grupo que se insurgiu contra Abel Camará estavam "menores de 16 anos" e confirmou ainda que tem havido "gritos racistas de uma pequena minoria".

"Estou triste com os resultados que temos tido e compreendo que todos os adeptos também estejam. Estamos a trabalhar para inverter esta situação, mas há aqui meia dúzia de adeptos que quiseram provocar esta derrota", referiu.

De resto, Rui Pedro Soares recordou a morte de um adepto italiano há pouco mais de uma semana "por ações de claques" e frisou que, no domingo, alguns adeptos "poderiam ter provocado uma tragédia".

O avançado e capitão da equipa de Belém deu hoje uma conferência de imprensa na sede do Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol (SJPF) - na qual estiveram presentes todos os atletas do plantel dos ‘azuis'- e lamentou estar a ser "usado como ‘patinho feio’ da equipa".

Conteúdo publicado por Sportinforma