Primeira Liga

03-05-2017 11:21

Os "comportamentos embaraçosos" de Vieira e Bruno de Carvalho segundo o 'El País'

Um artigo de opinião no diário traçou um retrato da violência no futebol português, com Bruno de Carvalho e Luís Filipe Vieira em destaque.
Artigo do El Pais critica presidentes de Sporting e Benfica
Foto: DR

Artigo do 'El País'

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

Um artigo de opinião no diário espanhol 'El País', publicado na terça-feira, traçou um retrato da violência no futebol português, com Bruno de Carvalho e Luís Filipe Vieira em destaque.

"Cuspidelas, insultos, ameaças, instruções a comentadores, denúncias em tribunais e visitas aos árbitros. Não há limite para a agressividade física e verbal no futebol", pode ler-se na publicação, intitulada "A violência no futebol português está no palco".

O artigo aponta a uma rivalidade saudável dentro de campo, constatando que o grande problema está no que se passa fora das quatro linhas, muito por culpa dos "comportamento embaraçosos" dos presidentes de Sporting e Benfica, os "principais geradores" dessa mesma rivalidade.

Bruno de Carvalho, cuja fotografia foi escolhida para ilustrar o artigo, é descrito como "excêntrico" e responsável por "publicações incendiárias no Facebook". Sobre Vieira, o jornal recorda o episódio recente no dérbi em Alvalade, em que o dirigente, depois do jogo, "foi à conferência de imprensa alertar os jornalistas de que estaria atento ao que iriam perguntar ao seu treinador e ao da equipa adversária".

A publicação classifica tais comportamentos como "típicos de uma república das bananas", dizendo ainda que os mesmos chegam com frequência "aos tribunais desportivos e civis".

Leia o artigo do 'El País'

Conteúdo publicado por Sportinforma