Sporting

06-05-2017 20:04

Jorge Jesus garante "bom espetáculo" no dérbi madrugador com o Belenenses

O Sporting, terceiro classificado da I Liga, com 67 pontos, recebe este domingo, às 11:45 horas, o Belenenses, 13.º com 32, em jogo da 32.ª jornada que será arbitrado por Bruno Paixão, de Setúbal.
Vitoria de Setubal vs Sporting
Foto: Lusa

Jorge Jesus garante "bom espetáculo" no dérbi madrugador com o Belenenses

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O treinador de futebol do Sporting, Jorge Jesus, disse hoje esperar um bom espetáculo na receção deste domingo ao Belenenses, frente a uma equipa que considera que entrará em Alvalade "sem pressão".

Na antevisão ao encontro da 32.ª jornada da I Liga, com a equipa do Restelo, que tem a particularidade de se disputar às 11:45 horas, Jorge Jesus sustenta que a posição classificativa do Belenenses (13.º) não reflete a qualidade da equipa ‘azul’.

"Quando se joga contra os grandes, não se sente a classificação dessas equipas. Contra um grande, tudo é diferente do que é jogar com equipas com o mesmo valor. Vão jogar tranquilos, confiantes e supermotivados. Na época passada vencemos mesmo a acabar o jogo [1-0, com golo de William de Carvalho de grande penalidade aos 90+4 minutos]. São duas equipas de Lisboa. Está tudo reunido para o Sporting fazer um bom jogo. Vai ser um bom espetáculo", garantiu.

Diante dos comandados de Domingos, Jorge Jesus não poderá contar com Alan Ruiz (lesionado), Gelson Martins e Daniel Podence (ambos por castigo), mas apesar destas limitações Jorge Jesus salienta o sistema de jogo irá manter-se.

"Taticamente muda alguma coisa e estrategicamente também. Vão entrar jogadores diferentes e muda sempre a tática e a estratégia da equipa. O sistema será o mesmo, não é pelo facto de entrarem dois jogadores novos em relação ao último jogo que irá mudar. André Geraldes poderá ser uma possibilidade, como têm sido o João Palhinha, o Daniel Podence e o Francisco Geraldes", salientou.

Em relação ao facto de o jogo frente ao Belenenses ser disputado de manhã, o treinador do Sporting considera que não será nefasto para o Sporting.

"Os jogadores trabalham a essa hora, comem a essa hora. São preparados para o treino com uma alimentação adequada. Não é por aí que pode ter alguma influência negativa. Muda alguma coisa, mas não nessa componente. Muda o estágio, as palestras, os horários, mas fisiologicamente não muda nada", concluiu.

Conteúdo publicado por Sportinforma