Rio Ave 0-1 Benfica

07-05-2017 22:05

Jiménez coloca o Benfica na rota do 'Tetra'

Raul Jiménez marcou o único golo da partida em Vila do Conde, colocando o Benfica mais perto do título de campeão pela quarta vez consecutiva.
Raúl Jiménez celebra o golo em Vila do Conde
Foto: EPA/JOSE COELHO

Raul Jiménez celebra o golo do Benfica

Por João Agre sapodesporto@sapo.pt

O Benfica venceu, este domingo, o Rio Ave por 1-0, em jogo da 32.ª jornada do campeonato português, disputado em Vila do Conde. Raúl Jiménez marcou (75’) o único golo da partida, conseguindo mais três pontos para o Benfica, que está assim a uma jornada de se sagrar campeão nacional pela quarta vez consecutiva.

Os encarnados aproveitaram da melhor forma o empate de ontem do FC Porto (segundo classificado) na Madeira diante do Marítimo com um importante triunfo em Vila do Conde. Desta forma, o Benfica poderá sagrar-se tetracampeão já no próximo sábado, na receção ao Vitória de Guimarães.

Em relação ao onze do Benfica, Rui Vitória fez sair Salvio e Mitroglou para as entradas de Rafa e Raúl Jiménez. Do lado do Rio Ave, o treinador Luís Castro repetiu o onze que venceu o Nacional da Madeira.

Uma primeira parte equilibrada, em que o Benfica se mostrou mais forte e pressionante, tendo Jonas as melhores oportunidades de golo. Logo aos seis minutos, após um bom cruzamento de Rafa Silva para o segundo poste, o avançado brasileiro conseguiu o remate em esforço, de ângulo apertado, para defesa atenta de Cássio. Poucos minutos depois, Grimaldo combinou com Cervi e cruzou rasteiro e atrasado para Jonas, que rematou cruzado e colocado, mas um pouco ao lado.

Aos 32 minutos, Raúl Jiménez desmarcou Nélson Semedo na direita da área e este rematou cruzado, com a bola a bater no solo, obrigando Cássio a uma grande defesa, sendo esta uma das grandes oportunidades do primeiro tempo. Depois, foi a vez de Grimaldo tentar a sua sorte.

No segundo tempo, o Benfica voltou a entrar melhor mas, com o decorrer dos minutos, o Rio Ave tornou-se mais ameaçador e até esteve perto do golo.

Aos 55’, Cervi cruzou na esquerda e ficou a pedir grande penalidade por braço de Marcelo na bola. O árbitro mandou seguir a jogada.

Aos 75’, Jonas lançou Salvio (entrou para o lugar de Rafa) em contra-ataque, o extremo progrediu no terreno e assistiu Raúl Jiménez, que apenas com Cássio pela frente, rematou rasteiro e colocado na área, inaugurando o marcador em Vila do Conde.

Aos 88 minutos, Gonçalo Paciência enviou a bola ao poste e, na recarga, Traoré, atirou por cima da baliza de Ederson, mas o resultado terminou favorável ao clube da Luz.

Com este triunfo, o Benfica aumenta o ‘fosso’ para o FC Porto em cinco pontos. A ‘machadada’ final na edição 2016/17 da I Liga pode ser dada já no próximo sábado.

Conteúdo publicado por Sportinforma