Liga Europa

09-05-2017 12:02

Mourinho à espreita de mais uma final europeia

O Manchester United, do treinador português José Mourinho, e o Ajax vão tentar confirmar na quinta-feira, frente ao Celta e Lyon, respetivamente, a passagem à final da Liga Europa de futebol.
Manchester United
Foto: EMMANUEL DUNAND / AFP

Equipa do Manchester United

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O Manchester United, do treinador português José Mourinho, e o Ajax vão tentar confirmar na quinta-feira, frente ao Celta e Lyon, respetivamente, a passagem à final da Liga Europa de futebol.

O regresso à luta por um título europeu pende favoravelmente para a formação inglesa pelas vantagens de 1-0 conquistada no jogo da primeira mão em Vigo e por 4-1 para a holandesa, que goleou em casa a formação do guarda-redes português Anthony Lopes.

A presença na Liga Europa era encarada pelo Manchester United, habituado à Liga dos Campeões, como algo incómodo, mas, com o decorrer da prova e com a recente derrota com o Arsenal (2-0), que afasta José Mourinho do topo do campeonato, passa a ser o objetivo da época.

Mourinho, que já venceu a competição pelo FC Porto, em 2003, um ano antes de ganhar a Liga dos Campeões, também pelos ‘dragões’, quer reconquistar o troféu, até porque seria passaporte garantido para a desejada Liga dos Campeões.

Para alcançar a final de Estocolmo e lutar pelo único troféu que falta nas vitrinas de Old Trafford, Mourinho terá pela frente um Celta de Vigo, 12.º na Liga espanhola, que também quer fazer história e que tem como ponto alto do seu historial a conquista da extinta Taça Intertoto, em 2000.

No outro duelo, o Ajax (2.º classificado na Liga holandesa) desloca-se a casa do Lyon (4.º na Liga francesa), de Anthony Lopes, com uma confortável vantagem de 4-1, e procura confirmar o regresso aos grandes palcos europeus, aos quais se habituou durante muitas décadas, mas que não pisa desde 1995.

Quatro vezes campeão da Europa (1971, 1972, 1973 e 1995), uma Taça UEFA (1992), uma Taça das Taças (1987), três Supertaças Europeias (1972, 1973 e 1995) e duas Taças Intercontinentais (1972 e 1995) fazem parte do espólio internacional da equipa holandesa, que na Holanda ficou a quatro pontos do líder Feyenoord, após derrota no domingo com o PSV.

O Lyon, que venceu a Taça Intertoto em 1997, conquistou os seus sete títulos de campeão francês na primeira década do novo milénio, mas desde 2008 que não sente esse sabor.

Conteúdo publicado por Sportinforma