FC Porto - Paços

11-05-2017 15:23

André Leal: "FC Porto? A qualidade está lá e teremos sempre muitas dificuldades"

André Leal disse estar convencido de que o Paços de Ferreira vai encontrar no Dragão "um FC Porto a querer mostrar qualidade e a dar o seu melhor.
André Leal
Foto: OCTÁVIO PASSOS / LUSA

André Leal

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

André Leal disse estar convencido de que o Paços de Ferreira vai encontrar no Dragão "um FC Porto a querer mostrar qualidade e a dar o seu melhor", na 33.ª e penúltima jornada da I Liga de futebol.

O médio pacense admitiu à agência Lusa que o resultado do Benfica (em caso de vitória diante do Vitória de Guimarães, os ‘encarnados' sagram-se campeões), na véspera, pode influenciar de algum modo o jogo no terreno ‘azul e branco’, mas afastou a ideia de facilidades.

"O jogo, mais até a sua envolvência, pode ser afetado pelo resultado do Benfica, mas nunca será mais fácil e, mesmo em caso de vitória do Benfica, vamos encontrar um FC Porto a querer mostrar bom futebol aos seus adeptos, procurando mostrar o seu melhor. A qualidade está lá e teremos sempre muitas dificuldades", disse André Leal, em declarações à Lusa.

O jovem futebolista, de 21 anos, evitou comprometer-se com as contas e o mérito do título, reconhecendo que "Benfica e FC Porto tiveram fases boas e más, mas qualquer um dos dois será merecedor do título", sem deixar, no entanto, de reconhecer que, "nesta altura, o Benfica tem uma oportunidade de ouro" para se sagrar tetracampeão.

A favor do Paços no jogo do Dragão, no domingo, a partir das 18:00, pode estar a "motivação extra" que envolve qualquer equipa que defronta um ‘grande', mas André Leal também disse estar consciente das diferenças que afastam ainda mais os dois emblemas.

"Além de todas as outras qualidades, jogam no seu estádio. O FC Porto tem o caudal ofensivo que se conhece, é a equipa com mais golos marcados, que tenta sempre assumir e ter o controlo jogo", sublinhou.

Apesar de todas as dificuldades, André Leal defendeu que seria errado o Paços mudar agora a sua forma de jogar, acreditando que "a equipa vai procurar manter o bom futebol e controlar o jogo, pressionando o mais alto possível", para perseguir "o objetivo de somar pontos em todos os jogos".

"Apesar de o objetivo [da permanência] cumprido, ainda faltam dois jogos e queremos fazer o máximo de pontos possíveis", referiu André Leal, opção no ‘onze' do Paços nos últimos quatro jogos, depois de uma presença irregular na equipa ao longo da época.

André, que marcou inclusive um golo, de livre, na vitória por 3-1 na receção ao Sporting de Braga, considerou "importante aparecer bem na equipa a tempo de marcar uma posição para a próxima época" e revelou que "o segredo foi nunca ter desistido, trabalhando sempre no máximo para estar bem quando a oportunidade surgisse".

Conteúdo publicado por Sportinforma