Futebol

12-05-2017 21:10

Marega não volta ao FC Porto com Nuno a treinador: "Passei muito mal"

O avançado explicou que a sua decisão tem a ver com o tratamento que recebeu do treinador na pré-época do FC Porto.
Moussa Marega
Foto: MIGUEL RIOPA / AFP

Moussa Marega

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

Ou Marega, ou Nuno Espírito Santo. Um deles não estará no FC Porto na próxima época. O maliano está emprestado pelos azuis-e-brancos ao Vitória de Guimarães, mas garante que só voltará ao Dragão se o atual treinador sair.

"Regresso ao FC Porto? Se for para jogar, isso não me incomoda. Mas se for com o mesmo treinador, isso não me interessa de todo", disse Marega, em entrevista à SFR Sport.

O avançado explicou depois que a sua decisão tem a ver com o tratamento que recebeu do treinador na pré-época do FC Porto.

"Passei muito mal. Apresentei-me para os trabalhos com o novo treinador. Não chegou a fazer uma semana e ele enviou-me, com mais cinco ou seis, para treinar no ginásio. Chegou ao pé de mim e disse-me: 'Tu vais para o ginásio'. Depois disso, foi como se não nos conhecesse. Não podíamos treinar no relvado. Foi muito duro. A situação durou três semanas e, a dois dias do fecho do mercado, tinha várias possibilidades, mas o treinador [Pedro Martins] quis-me muito em Guimarães", contou.

Nos primeiros treinos do FC Porto houve um jogador que chamou a atenção de Marega: o argelino Yacine Brahimi, jogador importante no ataque do FC Porto.

"É o melhor jogador do FC Porto, muito à frente de todos os outros. Quando joga, nota-se bem a diferença. É impossível tirar-lhe a bola", declarou.

Conteúdo publicado por Sportinforma