Rio Ave

13-05-2017 18:07

Luís Castro: Jogo com Chaves é uma “meia-final” na luta pela Liga Europa

O Rio Ave, sétimo classificado com 45 pontos, visita o Desportivo de Chaves, 10.º com 37, no domingo, a partir das 16:00.
Luís Castro, treinador do Rio Ave
Foto: DR

Luís Castro, treinador do Rio Ave

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O treinador do Rio Ave, Luís Castro, considerou hoje que a visita ao Desportivo de Chaves, no domingo, da 33.ª jornada da I Liga de futebol, vai ser "autêntica meia-final" nas ambições ‘europeias' da sua equipa.

Os vila-condenses continuam a perseguir o sexto lugar que dá acesso a uma qualificação para a Liga Europa, na próxima época, e que é ocupado pelo Marítimo, com uma vantagem de três pontos, não podendo, por isso, cometer deslizes, nas últimas duas rondas do campeonato.

"É uma meia-final, na qual podemos ficar eliminados, ou, se vencermos, ainda podemos garantir acesso a uma final, no próximo jogo. É uma partida de grande responsabilidade para nós", começou por dizer Luís Castro.

O treinador do Rio Ave considerou, no entanto, que a equipa "continua dentro do objetivo que traçou", lembrando que "apesar de o caminho ter sido difícil e duro, todo o grupo pretende ir ainda mais além".

Para isso, os vila-condenses têm obrigatoriamente de derrotar o adversário flaviense, algo que Luís Castro reconhece que "não será fácil".

"Estamos focados neste jogo difícil, contra uma equipa que está descansada na tabela classificativa e que, diz-me a experiência, consegue jogar melhor quando não está pressionada pelos resultados", analisou o treinador.

Assim, Luís Castro espera um Rio Ave "com a paz necessário para abordar uma partida com este grau de dificuldade", e sem a pressão de ter de atingir as metas europeias.

"Ficaremos tristes caso não atingirmos a Liga Europa, mas não frustrados, porque sabemos todos demos tudo para o conseguir", concluiu o treinador do Rio Ave.

O Rio Ave, sétimo classificado com 45 pontos, visita o Desportivo de Chaves, 10.º com 37, no domingo, a partir das 16:00, sob arbitragem de Bruno Paixão, da associação de Setúbal.

Conteúdo publicado por Sportinforma