FC Porto - P. Ferreira

13-05-2017 13:20

Vasco Seabra: "É inédito vencer no Porto e essa é a nossa ambição"

O treinador Vasco Seabra confessou hoje a ambição de tentar um inédito triunfo no Dragão.
Vasco Seabra:

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O treinador Vasco Seabra confessou hoje a ambição de tentar um inédito triunfo no Dragão, frente a um FC Porto, que, independentemente do título, também vai querer vencer na penúltima jornada da I Liga de futebol.

Na conferência de antevisão ao jogo de domingo, posterior a uma eventual decisão sobre o novo campeão nacional, Vasco Seabra admitiu que "o resultado [do jogo de hoje entre o líder Benfica e o Vitória de Guimarães] pode influenciar em termos de objetivos" essa partida, embora não veja o que isso possa representar em termos de vantagens ou desvantagens para o Paços.

"Temos 35 pontos e este é o momento ideal para conseguirmos 38. Acreditamos que o sucesso vai depender mais de nós, é inédito vencer no Porto e essa é, também, a nossa ambição", disse Vasco Seabra, sem deixar nunca de reconhecer "grandes qualidades" ao FC Porto.

O técnico pacense falou de "uma equipa muito forte", com "muita capacidade e qualidade", e insistiu na ideia de que, independentemente de o Benfica poder hoje sagrar-se tetracampeão, se vencer em casa o Vitória de Guimarães, o Paços de Ferreira vai encontrar no Dragão um adversário que vai querer ganhar.

"Independentemente do resultado [no Estádio da Luz], o FC Porto vai jogar para ganhar e nós vamos procurar anular as características deles, o que eles são capazes de fazer, e tentar impor as nossas. O FC Porto é uma equipa, globalmente, forte, tem individualidades muito fortes e, defensivamente, não permitem muitos espaços, sendo aguerridos e intensos", sublinhou.

Vasco Seabra admitiu, também, estar preparado para as opções táticas do seu homólogo do FC Porto, Nuno Espírito do Santo, vincando mesmo que para o Paços é "praticamente indiferente", pois "são todos grandes jogadores" e representam "diversas soluções, mas, também, diversas dificuldades".

Para Vasco Seabra, o padrão coletivo é quem define o sucesso e, relativamente ao campeonato que agora chega ao fim, admitiu que o título vai definir-se "por detalhes".

"O campeonato foi todo muito equilibrado, em que as equipas tiveram fases melhores e outras não tão boas, e em que houve um ou outro momento em que o FC Porto podia ter ultrapassado (o Benfica). Mas foi um campeonato equilibrado, com uma disputa positiva e jogos de intensidade máxima. Sabemos que FC Porto, Benfica e Sporting são sempre adversários com muita qualidade, e penso que [o campeonato] vai decidir-se por detalhes", concluiu.

O Paços de Ferreira, num tranquilo 12.º lugar, com 35 pontos, vai defrontar o FC Porto, segundo, com 73, no Estádio do Dragão, a partir das 18:00 de domingo, num jogo que terá arbitragem de Artur Soares Dias, da associação do Porto.

Conteúdo publicado por Sportinforma