Benfica campeão

14-05-2017 00:19

Centenas festejaram junto às Portas da Cidade de Ponta Delgada

Além das centenas de pessoas que se aglomeraram junto às Portas da Cidade, na baixa de Ponta Delgada, também muitos carros circulavam apitando e envergando bandeiras.
Adepto do Benfica
Foto: Lusa

Adepto do Benfica

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

Centenas de adeptos do Benfica festejaram hoje junto às Portas da Cidade, em Ponta Delgada, a conquista do 36.º título de campeão nacional de futebol, sem que a chuva abrandasse os festejos.

Jorge Madaleno chegou às Portas da Cidade, "ex-libris" da cidade de Ponta Delgada, na ilha de São Miguel, sentado na janela de um automóvel decorado a rigor e confessou à agência Lusa que "o Benfica mereceu ser tetracampeão apesar de os rivais dizerem o contrário".

"O Benfica fez um excelente campeonato, soube sofrer e somos tetracampeões", gritou Jorge Madaleno, lamentando "não estar no Marquês (de Pombal, em Lisboa) para festejar esta vitória”.

O mesmo adepto, natural de Trás-os-Montes mas a viver na ilha de São Miguel, nos Açores, há 30 anos enalteceu o "excelente jogo da equipa", que hoje selou a conquista do tetracampeonato com uma goleada por 5-0 ao Vitória de Guimarães, na 33.ª jornada da I Liga.

Madaleno advertiu mesmo mesmo que "se o Estádio da Luz tivesse a capacidade do (Santuário) de Fátima tinha mais gente do que o papa".

André Cabral esteve também nas Portas da Cidade, acompanhado da filha, garantindo que "toda a família é do Benfica" e que por isso a festa iria estender-se "pela noite dentro".

"Eu penso que foi o melhor jogo da época, merecíamos ganhar", disse André Cabral, reagindo à goleada imposta aos vimaranenses, no Estádio da Luz,

Rafaela Varela, de 23 anos, visivelmente emocionada, saltava gritando sem parar "Benfica, Benfica".

"Adorei o jogo, o Benfica é a melhor equipa de sempre. Nós queremos agora o 37. Amo-te Benfica!", afirmou.

Além das centenas de pessoas que se aglomeraram junto às Portas da Cidade, na baixa de Ponta Delgada, também muitos carros circulavam apitando e envergando bandeiras e cachecóis na marginal da cidade.

Conteúdo publicado por Sportinforma