FC Porto

16-05-2017 08:34

Pinto da Costa sob forte contestação: "Chegou a hora de sair"

Mensagens de contestação foram deixadas na residência do líder da SAD portista e nas instalações do Porto Canal.
Pinto da Costa
Foto: JOSÉ COELHO / LUSA

Pinto da Costa

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

Apesar da goleada ao Paços de Ferreira (4-1), nem por isso a contestação dos adeptos do FC Porto diminuiu face ao atual momento do clube.

De acordo com o jornal Record, as declarações de Nuno Espírito Santo, que deu os “parabéns ao campeão” Benfica não caíram bem no universo dos ‘dragões’, com apoiantes a questionarem nas redes sociais esta atitude do técnico, que, na sua opinião, não coincide com as denúncias feitas pelo clube ao longo da época.

A insatisfação, de resto, estendeu-se igualmente a Pinto da Costa. A mesma publicação refere que surgiram, esta segunda-feira, mensagens de protesto escritas escritas nas parede exteriores do condomínio onde vive o presidente da SAD portista, bem como nas instalações do Porto Canal, na Senhora da Hora.

"Presidente, no dia em que abandonar o poder, quem voltar os seus bolsos do avesso só encontrará pó? Acorda Porto"; "Chegou a hora de sair, pede a demissão" e "Ninguém calará a nossa expressão" foram as mensagens deixadas na zona residencial de Pinto da Costa.

Já na fachada do edifício do Porto Canal podia ler-se "Eis a natureza humana, os culpados a culparem todos menos a eles. Acorda Porto", mensagem acompanhada pela data de fundação dos Super Dragões "30/11/1986".

Conteúdo publicado por Sportinforma