Primeira Liga

18-05-2017 12:42

Tondela, Moreirense e Arouca lutam pela 'sobrevivência' na derradeira jornada

Uma destas três equipas irá juntar-se ao Nacional na descida à Segunda Liga.
Arouca e Moreirense disputam a manutenção na última jornada
Foto: OCTÁVIO PASSOS

Moreirense, Arouca e Tondela em risco de descerem

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

Tondela, Moreirense e Arouca lutam no domingo pela ‘sobrevivência’ na I Liga de futebol, em que uma das equipas descerá, num fim de semana em que Marítimo ou Rio Ave serão a sexta equipa com lugar na Europa.

À partida para a última jornada - com o campeão encontrado, depois de o Benfica chegar a um inédito tetracampeonato e ao 36.º título da sua história, reforçando o estatuto de clube com mais troféus - as atenções viram-se para a descida e Europa.

O Nacional regressa 15 anos depois à segunda divisão, um cenário que três equipas tentam agora evitar, com o Tondela (17.º e penúltimo) a ser o único que depende de maus resultados dos adversários.

No penúltimo lugar, com 29 pontos, o Tondela só garantirá a manutenção se vencer e o Arouca perder ou o Moreirense empatar ou perder, mas até poderá empatar se a formação de Moreira de Cónegos perder.

A equipa comandada por Pepa receberá no domingo o Sporting de Braga (18:00), já com o quinto lugar definido.

O Moreirense (16.º, com 30 pontos) terá, à partida, a missão mais complicada, por receber um dos ‘grandes’ do futebol português, o FC Porto, embora os ‘dragões’ tenham visto a questão do título, para o Benfica, definida na última ronda.

O Arouca (15.º, 32 pontos) é o único dos três ‘aflitos’ que joga fora, com a equipa a visitar o Estoril-Praia, tranquilo no fecho de campeonato, bastando-lhe um empate para assegurar a permanência no escalão principal.

Com os olhos ainda na Europa está o Rio Ave (7.º), numa missão difícil: a equipa de Vila do Conde precisa de vencer em casa o Belenenses, mas, ao mesmo tempo, esperar que o Marítimo (6.º) perca na visita ao Paços de Ferreira, no sábado.

As duas equipas estão separadas por três pontos, mas a situação coloca-se porque o Rio Ave, em caso de igualdade, tem vantagem no confronto direto, depois de ter vencido nos Barreiros e empatado em Vila do Conde.

Em outros jogos, o Sporting, com uma época muito aquém das expectativas – chega à última jornada a 14 pontos do campeão -, e despede-se em Alvalade diante de um Chaves surpreendente, com uma campanha segura depois de vir da II Liga.

Os ‘leões’, que até foram eliminados da Taça de Portugal pelo Chaves, disputam o último jogo depois de duas derrotas consecutivas, com Belenenses (3-1) e Feirense (2-1), a primeira das quais em Alvalade, levando Bruno de Carvalho a considerar a situação “deprimente”.

Finalmente, o Benfica fecha no Porto uma época de ‘glória’ – que poderá ainda crescer com a final da Taça de Portugal, diante do Vitória de Guimarães -, com uma visita ao Boavista, em jogo agendado para sábado (20:30).

O treinador Rui Vitória poderá fazer mudanças no ‘onze’ campeão e dar a oportunidade a jogadores que ainda não foram utilizados, os casos do guarda-redes Paulo Lopes, Hermes, Kalaica ou Pedro Pereira.

- Sábado, 20 mai:

Rio Ave – Belenenses, 16:00 (SportTV).

Paços de Ferreira – Marítimo, 16:00 (SportTV).

Nacional – Vitória de Setúbal, 16:00 (SportTV).

Vitória de Guimarães – Feirense, 18:15 (SportTV).

Boavista – Benfica, 20:30 (SportTV).

- Domingo, 21 mai:

Estoril-Praia – Arouca, 18:00 (SportTV).

Tondela – Sporting de Braga, 18:00 (SportTV).

Moreirense – FC Porto, 18:00 (SportTV).

Sporting – Desportivo de Chaves, 20:15 (SportTV).

Conteúdo publicado por Sportinforma