Carlos Severino

19-05-2017 17:49

"Jesus e Bruno de Carvalho continuarão a dar a entender que se entendem"

Antigo candidato à presidência do Sporting fez, em exclusivo ao SAPO Desporto, um balanço da época dos leões.
Carlos Severino:
Foto: @Facebook Carlos Severino

Carlos Severino: "Jesus e Bruno de Carvalho continuarão a dar entender que se entendem"

Por André Delgado sapodesporto@sapo.pt

Carlos Severino, antigo candidato à presidência do Sporting, considera que um eventual falhanço no acesso à fase de grupos de grupos da Liga dos Campeões pode ditar a saída de Jorge Jesus. Ainda assim, o apoiante de Madeira Rodrigues nas últimas eleições do clube dá um voto de confiança ao técnico e defende a sua continuidade na próxima temporada.

"Conhecendo os feitios de Bruno de Carvalho e Jorge jesus continuarão a dar a entender que se entendem. Parece-me claramente que Bruno de Carvalho pode dar uma derradeira oportunidade a Jorge Jesus, mas basta o Sporting não se apurar para a Champions que as coisas virão ao de cima". Que não aconteça o que aconteceu com o comandante do Vicente Moura. Há acontecer que aconteça de forma elevada, com categoria e com o Sporting a não sair prejudicado", começou por analisar em declarações exclusivas ao SAPO Desporto.

O antigo diretor da comunicação dos leões reconhece que foram dadas todas as condições a Jorge Jesus e que as contratações realizadas, com o aval do técnico, foram quase todas 'tiros ao lado'.

"Os resultados não ajudaram. Aquele 'golpe de asa', com a contratação de Jorge Jesus criou esperanças que desta vez é que o Sporting ia suplantar o Benfica. Tenho que dizer que Bruno de Carvalho deu condições para que Jorge Jesus tivesse jogadores que fizessem a diferença. O que é facto é que não fizeram. Dos jogadores que vieram da 'era' Jorge Jesus lembro-me do Coates e de Bas Dost e de mais ninguém. O Gelson [Martins] já estava no Sporting. Esta época foi de grande desilusão, com o Sporting a ficar num inglório terceiro lugar. Os sportinguistas estão desanimados, ainda por cima depois da derrota com o Belenenses e com o Feirense".

Sobre as possíveis saídas de algumas 'pedras basilares' como William Carvalho ou Adrien, Carlos Severino defende que o "ideal seria manter os melhores jogadores", no entanto, considera que Bruno de Carvalho "tem de vender se tiver ofertas irrecusáveis", mas tem que arranjar "alternativas credíveis".

"Se o Sporting tiver ofertas irrecusáveis só tem que vender. O Sporting tem jogadores na sua formação que têm qualidade e têm que ser integrados rapidamente. O ideal era o Sporting manter os melhores jogadores. Se houverem ofertas condizentes com os interesses do Sporting ninguém pode levar a mal. Têm que haver alternativas como as que não houveram no ano passado, não com jogadores como Markovic ou Elias, que não justificaram a qualidade que tiveram em determinado momento da sua carreira. Se não entrar na 'Champions', os jogadores deixam de estar na montra da Liga dos Campeões. Se houver uma boa oportunidade para se vender...mas têm que existir alternativas credíveis e que possam pegar de estaca", atirou.

Conteúdo publicado por Sportinforma