Miguel Leal

20-05-2017 23:00

"Boavista ainda passa dificuldades. Não podemos colocar a carroça à frente dos bois"

O Benfica, já campeão nacional, termina esta edição da Liga com um empate a duas bolas com o Boavista.
Boavista vs Benfica
Foto: Lusa

Boavista's Andre Schembri (L) celebrates with Iuri Medeiros after scoring a goal against Benfica during their Portuguese First League soccer match, held at Bessa stadium, Porto, north of Portugal, 20 May 2017. JOSE COELHO/LUSA

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

Miguel Leal aproveitou a zona de entrevistas rápidas para a chamar a atenção para a difícil situação do Boavista. Logo após o empate a duas bolas da sua equipa frente ao Benfica, o técnico axadrezado deu os parabéns ao Benfica pelo título, mas lembrou que é preciso ser sereno na hora de traçar objetivos para o futuro do Boavista.

Análise ao jogo: "Gostava de dar os parabéns ao Benfica, uma excelente equipa, muito bem treinada, e por isso foi campeão. Fizemos um bom jogo, de futebol bonito, de ataque. Estivemos na primeira parte por cima, mas depois na parte final começámos a ter problemas físicos, há jogadores nucleares com algum cansaço. O resultado aceita-se, pelo que aconteceu no jogo".

Apoio dos adeptos: "Uma palavra de apreço a este público, que tem estado ao lado da equipa. Este caminho é longo, se continuarmos todos unidos pode ser que as coisas se vão compondo, devagarinho".

Futuro do Boavista: "É preciso ter consciência que o Boavista ainda não está numa situação financeira estável, ainda passa por muitas dificuldades, não podemos colocar a carroça à frente dos bois. É preciso ser sereno nos desejos e nos anseios. Podem acreditar que há aqui gente para o clube ir crescendo gradualmente. Para o ano vamos procurar fazer igual ou melhor. Se o conseguirmos já será muito bom."

O Benfica, já campeão nacional, termina esta edição da Liga com um empate a duas bolas com o Boavista.

Conteúdo publicado por Sportinforma