Primeira Liga

21-05-2017 22:06

Sporting fecha época à 'Chaves' com goleada e um hat-trick de Bas Dost

Bas Dost apontou um hat-trick e chegou aos 34 na I Liga.
Equipa do Sporting festeja golo frente ao Chaves

Equipa do Sporting festeja golo frente ao Chaves

Por André Delgado sapodesporto@sapo.pt

O Sporting fechou o pano à época 2016/2007 e à Liga com um triunfo sobre o Chaves por 4-1.

Depois de dois desaires consecutivos, verde-e-branca com o terceiro lugar já confirmado queria despedir-se da I Liga com honra e com um triunfo robusto perante os seus adeptos e foi o que sucedeu.

Com tudo já decidido, Jesus mudou, apostando na prata da casa, com Palhinha no lugar de William (ausente por castigo), Matheus e com Podence no apoio a Bas Dost.

Já o Chaves de Ricardo Soares apresentou-se condicionado em Alvalade e sem homens para preencher o miolo. Foram ausências Bressan, Pedro Tiba, Perdigão e Davidson. Todos fora do jogo por lesão.

Resposta às Claques

Durante os primeiros 20 minutos, as claques não puxaram pela equipa, exibindo a tarja "20 minutos iguais à vossa atitude", numa crítica à equipa de futebol. Os leões responderam nesse período com dois golos.

Com o ainda objetivo 'Bota de Ouro' por disputar, Bas Dost corria para o troféu embora com Messi já destacado e a marcar pelo Barcelona. O holandês respondeu com dois golos. Primeiro na conversão de um grande penalidade, a castigar uma falta, por ironia do destino de Carlos Ponck sobre Podence.(jogador que marcou o golo que eliminou os leões da Taça de Portugal em janeiro). Um minuto volvido e o holandês fez o 2-0, num cabeceamento indefensável após um pontapé de canto e apontou o seu 33º golo na Liga. Mas a Bota de Ouro estava longe, com o leão a ter que fazer mais quatro golos para superar o argentino.

O Chaves tentou responder, mas foi inócuo na primeira parte, só Fábio Martins com a sua velocidade tentou dar o ar da sua graça. Os únicos avisos no primeiro tempo saíram das botas de Braga e Rafael Lopes.

Ainda antes do intervalo, aos 30 minutos, os leões colocaram o resultado em 3-0, numa jogada 'Made in Academia'. A bola passou por Gelson Martins, Podence e chegou aos pés de Matheus Pereira, que tirou um adversário do caminho e fez o terceiro da noite.

O Chaves reentrou revoltado no segundo tempo, depois de uma primeira parte extremamente passiva. Logo a abrir, Fábio Martins quase tirou tinta ao poste num desvio. Beto estava batido.

Na resposta, Jefferson rematou ao ferro, na marcação de um livre.

No segundo tempo, os leões baixaram claramente de ritmo e deixaram-se adormecer. Aos 60 minutos, o Chaves reduziu. Depois de um cruzamento de Nelson Lenho, William fez o 3-1. Jorge Jesus aproveitou para refrescar a equipa, tirando de campo Matheus Pereira e Podence e lançando Bruno César e Francisco Geraldes.

O Chaves mantinha-se mais pressionante. E aos 82 minutos dispôs de um livre muito perigoso, a que Beto respondeu com a defesa da noite. Em cima do apito final, nova grande penalidade para o Sporting. Bas Dost foi chamado à conversão e fez o 34º golo da Liga. Até final ainda deu tempo para Gelson Dala se estrear na I Liga.

Fechou-se assim o pano sobre a I Liga. O Sporting venceu o Chaves por 4-1 e terminou o campeonato na terceira posição. Para o ano há mais!

Onze do Chaves: Ricardo; Rodrigo, Carlos Ponck, Massaia e Nelson Lenho; Fábio Martins, Braga, Patrão e Elhouni; Rafael Lopes e William.

Suplentes do Desp. Chaves: António Filipe, Pedro Queirós, Petrovic, João Mário, Nuno André Coelho, Fall e Rafael Batatinha.

Onze do Sporting: Beto Pimparel; Esgaio, Coates, Ruben Semedo e Jefferson; Palhinha; Gelson Martins, Adrien Silva e Matheus Pereira; Podence e Bas Dost.

Suplentes do Sporting: Rui Patrício, Schelotto, Paulo Oliveira, Francisco Geraldes, Bruno César, Bryan Ruiz e Gelson Dala

Conteúdo publicado por Sportinforma