Futebol

23-05-2017 13:28

FC Porto: Uma mão cheia de treinadores e apenas um título conquistado

Nuno Espírito Santo foi demitido esta segunda-feira do cargo de treinador do FC Porto. Marco Silva pode ser o senhor que se segue.
Nuno Espírito Santo
Foto: Lusa

Nuno Espírito Santo

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

A saída de Nuno Espírito Santo, depois de cumprida apenas uma temporada ao serviço do FC Porto, constitui uma nova tendência nesta última fase de Pinto da Costa à frente do Clube.

São cinco em quatro épocas. Muitos treinadores para um clube que estava habituado a ter estabilidade e sobretudo a encher a vitrina do museu com títulos de forma regular.

Paulo Fonseca - 2013/2014

Na ressaca do bicampeonato de Vítor Pereira, Paulo Fonseca na altura, treinador do Paços, assumiu os destinos do FC Porto, mas acabou por sair a 10 jornadas do fim do campeonato, deixando o clube azul-e-branco na 3ª posição da Liga, depois de na temporada anterior ter deixado precisamente os 'castores' no último lugar do pódio. O agora técnico do Shakhtar conseguiu vencer uma supertaça ao serviço do FC Porto, naquele que foi o último título conquistado pelo clube liderando por Pinto da Costa.

Luís Castro - 2013/2014

O técnico assumiu a equipa após a saída de Paulo Fonseca e acabou por disputar ainda nove partidas na Liga. Luís Castro no banco do FC Porto somou em 16 partidas, 9 vitórias, dois empates e cinco derrotas e acabou por abandonar a equipa no final da temporada, reassumindo a equipa B dos dragões.

Julen Lopetegui (2014/2016)

O espanhol teve setenta e sete jogos e um ano e meio no FC Porto e acabou por cumprir apenas metade do contrato ao serviço da equipa portista. Depois de uma primeira temporada em que lutou taco-a-taco com o Benfica pelo título de campeão nacional, o espanhol acabou por sucumbir no início da segunda volta do campeonato.

José Peseiro (2015/2016)

José Peseiro chegou em janeiro para render o espanhol Julen Lopetegui no cargo. Ao serviço dos azuis-e-brancos, o técnico conseguiu 11 vitórias, tendo sofrido cinco desaires. A 'gota de água' acabou por ser a derrota na Taça de Portugal frente ao SC Braga. O FC Porto acabou por terminar a temporada no terceiro lugar, a 15 pontos do Benfica e a 13 do Sporting.

Nuno Espírito Santo (2016/2017)

Nuno Espírito Santo foi o último treinador a pagar a fatura depois de mais uma temporada sem títulos. Na última jornada do campeonato, o FC Porto acabou derrotado de forma embaraçosa frente ao Moreirense por 3-1, contudo, não foi este desaire que ditou a saída do técnico. Os constantes empates da equipa e o facto dos azuis-e-brancos terem claudicado nos momentos decisivos quando tiveram a oportunidade de destronar o Benfica no topo da tabela ditaram o destino de NES. O FC Porto acabou na segunda posição a seis pontos do Benfica.

Percentagens de vitórias dos últimos treinadores do FC Porto:

Nuno Espírito Santo - 55,10 %

José Peseiro - 59,09 %

Julen Lopetegui - 68,83 %

Luís Castro - 56,25 %

Paulo Fonseca - 56,76 %

Conteúdo publicado por Sportinforma